Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Ilha de Vitória que Conheci e com que Convivi - Por Délio Grijó

As Ilhas de Vitória - Por Délio Grijó

As Ilhas de Vitória - Por Délio Grijó

A Ilha das "Cobras", seus proprietários são os herdeiros do Sr. Alfredo Alcure, industrial de muito conceito em Vitória

De bonde com Grijó, anos 40 - Da Praia do Canto à Praia do Suá

De bonde com Grijó, anos 40 - Da Praia do Canto à Praia do Suá

As famílias mais conhecidas do local eram: Pedro Vivacqua, Enrico Ruschi, Norberto Madeira da Silva, Homero Vivacqua, Lobo Leal, Pietrângelo De Biase e Von Schilgen.

De bonde com Grijó - Pela Rua Coronel Monjardim

De bonde com Grijó - Pela Rua Coronel Monjardim

Já no bonde novamente vou atingindo as minhas queridas ruas Barão de Monjardim, Henrique de Novais e Av. Capixaba

De bonde com Grijó - FIM

De bonde com Grijó - FIM

E assim vou encerrando o meu livro "A ILHA DE VITÓRIA DO ARQUIPÉLAGO OUE CONHECI E CONVIVI

De bonde com Grijó pelo Parque Moscoso

De bonde com Grijó pelo Parque Moscoso

No Parque Moscoso existia a fábrica de massas Apolo, pioneira em Vitória, e que também funcionava como panificadora, identificada por Padaria Sarlo

De bonde com Grijó - Restaurante São Pedro na Praia do Suá

De bonde com Grijó - Restaurante São Pedro na Praia do Suá

Certo dia, perguntei a dona Almerinda se havia a possibilidade de preparar uma moqueca

De bonde com Grijó pela Vila Rubim

De bonde com Grijó pela Vila Rubim

A garagem do clube de natação e regatas Álvares Cabral, que serviu de albergue a muita gente vinda do interior; em troca, o albergado tornava-se remador

De bonde com Grijó - Da Av. Jerônimo Monteiro seguindo para a Rua do Comércio

De bonde com Grijó - Da Av. Jerônimo Monteiro seguindo para a Rua do Comércio

Na parte que dá para o cais do porto, da altura do atual Moinho Buaiz até a Rua João dos Santos Neves, toda área era baldia

De bonde com Grijó - ainda na Rua Jerônimo Mon...

De bonde com Grijó - ainda na Rua Jerônimo Mon...

Hotel Tabajara, de propriedade de dona Penhinha Medina. Na época era o melhor hotel da cidade, mas tinha um inconveniente, que era o movimento de cargas e descargas do porto

De bonde com Grijó - volto para a Rua Jerônimo Monteiro para citar a Baratex

De bonde com Grijó - volto para a Rua Jerônimo Monteiro para citar a Baratex

O prédio do Banco de Crédito Agrícola do Espírito Santo e na parte superior, os escritórios da Companhia Espírito Santo e Minas de Armazém Gerais 

Pesquisa

Facebook