Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Ilha de Vitória que Conheci e com que Convivi - Por Délio Grijó

De bonde com Grijó - Voltando a Praça do Trabalho

De bonde com Grijó - Voltando a Praça do Trabalho

A Prainha do Grijó - Lotávamos de areia o "Tamaru" e depois a espalhávamos na Prainha

De bonde com Grijó - Pela Praça do Trabalho

De bonde com Grijó - Pela Praça do Trabalho

O Dr. "Duquinha", morava na antiga Praça do Trabalho, onde funcionou até há pouco tempo a Capitania dos Portos de Vitória

De bonde com Grijó - Pela Rua Henrique de Novaes

De bonde com Grijó - Pela Rua Henrique de Novaes

Nessa altura, adentramos à rua Henrique de Novais, No número 35 da mesma rua morava o Sr, Jorge Bumachar, casado com dona Georgete

De bonde com Grijó - De Maruípe a Jucutuquara

De bonde com Grijó - De Maruípe a Jucutuquara

Na época o trânsito de quem chegava de avião era feito via Maruípe/Jucutuquara/Centro

De bonde com Grijó - De Jucutuquara para o Centro

De bonde com Grijó - De Jucutuquara para o Centro

Esta diferença é devida ao efeito da cal virgem, que desceu procedente de um anúncio das Casas Pernambucanas

De bonde com Grijó - Pela Rua Coronel Monjardim

De bonde com Grijó - Pela Rua Coronel Monjardim

Já no bonde novamente vou atingindo as minhas queridas ruas Barão de Monjardim, Henrique de Novais e Av. Capixaba

De bonde com Grijó, anos 40 - Da Praia do Canto à Praia do Suá

De bonde com Grijó, anos 40 - Da Praia do Canto à Praia do Suá

As famílias mais conhecidas do local eram: Pedro Vivacqua, Enrico Ruschi, Norberto Madeira da Silva, Homero Vivacqua, Lobo Leal, Pietrângelo De Biase e Von Schilgen.

As Ilhas de Vitória - Por Délio Grijó

As Ilhas de Vitória - Por Délio Grijó

A Ilha das "Cobras", seus proprietários são os herdeiros do Sr. Alfredo Alcure, industrial de muito conceito em Vitória

Pesquisa

Facebook