Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

As Festividades da Penha – Por Heribaldo Lopes Balestero

As Festividades da Penha – Por Heribaldo Lopes Balestero

Gottfrio Alberto Anders prestou homenagem à memória de Frei Pedro Palácios, inaugurando-lhe a estátua na praça fronteira ao pórtico, na Prainha

O Convento da Penha - O maior símbolo do Espírito Santo

O Convento da Penha - O maior símbolo do Espírito Santo

CONSIDERANDO que a Assembléia Constituinte de 1947, manifestou-se pelo respeito fiel à tradição desses símbolos; CONSIDERANDO que o Instituto Histórico e Geográfico do Estado, assim igualmente, se pronunciou

Visitas ilustres ao Convento

Visitas ilustres ao Convento

No passado, o Convento registrou como principal visita, a presença de Sua Majestade, o Imperador Dom Pedro II e da Imperatriz Dona Teresa Cristina. Leia mais!

Ano de 1774 - Por Basílio Daemon

Ano de 1774 - Por Basílio Daemon

Fazendo-se o calçamento da ladeira das sete voltas, e os muros ao lado da mesma ladeira 

Origem do nome Convento da Penha

Origem do nome Convento da Penha

Nossa Senhora da Penha era o cognome da Nossa Senhora dos Prazeres ou das Alegrias, amplamente venerada pelos fiéis que cultuavam Maria Santíssima

Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Os Primeiros (Parte I)

Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Os Primeiros (Parte I)

Outras personagens lá estiveram e entre elas a própria Dona Luísa Grinalda, que, como Governadora da Capitania

Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Diogo Antônio Feijó (ParteII)

Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Diogo Antônio Feijó (ParteII)

Nestes cinco meses, a terra capixaba abrigou em seu seio o venerando brasileiro que foi deputado às Côrtes Portuguesas, representando o seu glorioso Estado de São Paulo, que deu o que pode em favor da Independência

Ano de 1640 - Por Basílio Daemon

Ano de 1640 - Por Basílio Daemon

Foram desembarcar no porto de Roças Velhas, que depois se chamou Porto dos Padres, e hoje rua do Comércio

Milagres e Graças da Penha – Por Norbertino Bahiense

Milagres e Graças da Penha – Por Norbertino Bahiense

De certo tempo para cá, foi adotado no Convento o sistema de registrar no mármore, as graças recebidas ou os milagres atribuídos à Santa

Escritura do Convento da Penha - Por Norbertino Bahiense

Escritura do Convento da Penha - Por Norbertino Bahiense

Carta de doação da Governadora Luisa Grinalda e seu adjunto o Capitão Miguel de Azeredo, desta Capitania do Espírito Santo, em 1591