Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Pródromos da Independência Nacional

Pródromos da Independência Nacional

Domingos José Martins – Filho de Joaquim José Martins e de D. Joana Luisa de Santa Clara Martins, nasceu em Caxangá, hoje Itapemirim

Motins e desatinos no ES, anos 20 do século XIX

Motins e desatinos no ES, anos 20 do século XIX

José Marcelino de Vasconcelos – Sargento-mor de Artilharia de Linha, servia no Espírito Santo como oficial de Engenharia, em comissão 

Primeiros representantes da capitania em congressos eletivos

Primeiros representantes da capitania em congressos eletivos

Nas eleições para as Cortes de Lisboa – que tinham por missão precípua elaborar a Constituição para o Reino Unido 

Penúria dos cofres públicos no ES, nos anos 20 do Século XIX

Penúria dos cofres públicos no ES, nos anos 20 do Século XIX

As rendas públicas caíram a ponto levar o governador a pedir ao Príncipe Regente licença para dispensar alguns serventuários

O primeiro jornal do ES

O primeiro jornal do ES

Justamente trinta e dois anos depois de iniciar-se a publicação da Gazeta do Rio de Janeiro,[30] o Espírito Santo viu circular O Estafeta – primeiro jornal impresso na terra (1840)

Repulsa às idéias de restauração - A primeira Assembléia Provincial

Repulsa às idéias de restauração - A primeira Assembléia Provincial

É de justiça observar que tomaram assento no Congresso local os nomes de mais destaque da terra. Sacerdotes ilustres, como o Dr. João Clímaco

Entre 1830 e 1840 na Assembléia Provincial do ES

Entre 1830 e 1840 na Assembléia Provincial do ES

Aqui está, por exemplo, um depoimento de Manuel da Silva Pontes sobre Vitória, em 1833

A insurreição do Queimado

A insurreição do Queimado

Surpresa sobremodo desagradável foi a insurreição de negros escravos, que explodiu no distrito do Queimado em 1849

O início de uma nova era - Primeira metade do século XIX

O início de uma nova era - Primeira metade do século XIX

Foi assim, enfrentando dificuldades de toda ordem, que o Espírito Santo alcançou o fim da primeira metade do século XIX

A ordem pública na Província do ES

A ordem pública na Província do ES

Não seria de estranhar em uma província cujo policiamento ia pouco além de simples quimera, oferecendo, ademais, condições singulares para estimuladora impunidade