Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O Teatro capixaba de antanho

O Teatro capixaba de antanho

Recordemos, por último, que somente em maio de 1896 era inaugurado, em Vitória, o “Teatro Melpomene”, belo e amplo edifício de madeira, com capacidade para 1.200 expectadores. Não seria o 1º da Província, pois em 1875 se inaugurava, na cidade de São Mateus, um teatro que, infelizmente, teve curta existência

Povoamento do ES

Povoamento do ES

No período colonial o povoamento do Espírito Santo ficou limitado ao litoral. Os lugares mais afastados do mar eram São Mateus e Linhares. No século XIX, o interior do ES ainda era coberto de matas virgens. No rio Doce foram instalados quartéis militares para a defesa dos colonos

D. Pedro II em Linhares

D. Pedro II em Linhares

Laurita Calmon Dessaune decidiu contar o que conhece da visita de D.Pedro II à Linhares. Afirma que desde criança, ouvia de pessoas criteriosas que existia uma grande amizade entre o comendador Rafael Pereira de Carvalho, meu bisavô, e D. Pedro II

Do pouso do Riacho a Linhares

Do pouso do Riacho a Linhares

Se S. M.tivesse partido com a luz do dia, teria visto, à direita, o desaguadouro do rio dos Comboios, que é muito tortuoso e estreito, custando muito a navegá-lo com canoa grande como a que foi até o Quartel do Aguiar na Lagoa Juparanã em Linhares

Princesa saqueava navios

Princesa saqueava navios

Um fato curioso foi marcante ma história do norte do Espírito Santo, em São Mateus e Itaúnas. No final do século dezessete e início do século dezoito, viveu na região a princesa angolana Zacimba Gaba, da nação de Cabinda, que foi capturada e trazida para o Brasil como escrava.

Reis Magos ou Nova Almeida

Reis Magos ou Nova Almeida

Nos princípios do século XVII surgiu no ES uma nova aldeia, que passou a chamar-se Reis Magos, atual Nova Almeida, na Serra

Igreja em Santa Cruz

Igreja em Santa Cruz

Navegantes que passavam pela baía de Santa Cruz também tinham a impressão de estar vendo uma grande igreja e uma vila cheia de riquezas e fazendeiros poderosos, o que não era verdade.

Mapa da Capitania do Espírito Santo – Parte II

Mapa da Capitania do Espírito Santo – Parte II

Esse documento de 1666 faz parte de uma obra maior composta de 31 mapas manuscritos coloridos nos originais, os quais mostram não só o Espírito Santo mas a costa do Brasil, desde o rio Amazonas até o rio da Prata

Capela em Ibiraçu

Capela em Ibiraçu

Quem corta a BR 101, em Ibiraçu, não pode deixar de observar a presença de uma pequena capela branca no alto de uma pedra. Trata-se da igrejinha de Santo Antônio

O fazedor de pontes: Breve notícia histórica

O fazedor de pontes: Breve notícia histórica

Devemos a ele, especificamente, a construção das três pontes que contribuíram de maneira mais acentuada para o escoamento de três pontos-chave para o desenvolvimento do Espírito Santo: a ligação da capital ao continente; a ligação entre as margens da cidade de Santa Leopoldina, a mais progressista cidade capixaba da época; a ligação entre as margens do Rio Doce, na época a última fronteira da civilização no rumo do norte do território

Pesquisa

Facebook