Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Dois visitantes ilustres a Linhares

Dois visitantes ilustres a Linhares

No final de 1815, visitou o rio Doce o Príncipe Maximiliano Wied Neuwied, que deixou-nos observações preciosas sobre o pequeno povoado de Linhares. Esteve na Fazenda Bom Jardim, onde recebeu “calorosa acolhida”. Lá encontrou um engenho de açúcar em produção, o primeiro do rio Doce, e plantações de arroz, mandioca e cana

O Palácio do Barão de Itapemirim

O Palácio do Barão de Itapemirim

Até há pouco tempo a localização das ruínas do imenso casarão do barão de Itapemirim era mistério, mas recentemente historiadores localizaram o amontoado de pedras que sobrou da magnífica estrutura.

Cinema de Aracruz - Parte II

Cinema de Aracruz - Parte II

Mas outra vez o cinema não demoraria a voltar à atividade, por volta de 1969, agora na antiga Casa de Pedra da Venâncio Flores (hoje demolida, para dar lugar ao estacionamento do Supermercado Aracruz), alugada de Ângelo Marcos Trazzi. O novo nome, “Cine Mara” homenageava Liamara, primeira (então única) filha de Jovino

BR-101 (de Vitória à Linhares)

BR-101 (de Vitória à Linhares)

A abertura da estrada até a Serra teve início em 1921; daí para Linhares em 1930. Foi portanto, um processo longo e demorado.Por volta de 1934, era chefe da Estação experimental do Estado (Goitacases), Henrique Rímulo. Este homem surge como um verdadeiro entusiasta, contagia o povo e inicia a abertura da cabeça da ponte para o sul

Inauguração da Ponte de Linhares

Inauguração da Ponte de Linhares

No dia 22 de junho de 1954, o Presidente da República, Getúlio Dornelles Vargas, o Governador do Estado, Jones dos Santos Neves e sua comitiva, chegam a Linhares em aviões que pousam em campo aberto pelo Prefeito. Em solenidade, com a presença dos linharenses, é feita a inauguração da Ponte Getúlio Vargas sobre o rio Doce

Cine Colorado

Cine Colorado

Durante a era de ouro do cinema, principalmente nas décadas de 50 a 70, chegaram a funcionar 22 salas de exibição na Região Metropolitana da Grande Vitória. Algumas delas das famílias: Abaurre, Caretta e Rocha, que auxiliarem a exposição com documentos e fotos

Cine De Lourdes

Cine De Lourdes

O trabalho no resgate da história do cinema está aberto para doações de periódicos, fotos, e depoimentos pelo e-mail malverdes@gmail.com, a fim de enriquecer a exposição, que busca além de informar o público, auxiliar os estudantes nos trabalhos de pesquisa sobre o passado cinematográfico do Espírito Santo

Cine Capixaba

Cine Capixaba

Cine Capixaba – em São Torquato, na Av. Graça Aranha, onde repetia muitos filmes que passavam no São Luis em Vitória. Surgiu com o crescimento populacional do Bairro, e acabou no final dos anos 60. A história do cinema no Espírito Santo começa em 1907, ano que ocorreu a primeira apresentação no Éden Cinema, atualmente no local funciona o Teatro Glória

Cine Aterac

Cine Aterac

Durante a era de ouro do cinema, principalmente nas décadas de 50 a 70, chegaram a funcionar 22 salas de exibição na Região Metropolitana da Grande Vitória. Algumas delas das famílias: Abaurre, Caretta e Rocha, que auxiliarem a exposição com documentos e fotos

Auto Cine Camburi (Drive-in)

Auto Cine Camburi (Drive-in)

O Auto Cine Camburi foi construído em 1976 e fechado no mesmo ano. Na época, a Orla de Camburi era muito deserta e escura. O Drive-in ocupava uma área de 15.000 m2 com capacidade para 396 carros