Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Viagem de D.Pedro II por Linhares – Lagoa Juparanã e ilha do Almoço

Viagem de D.Pedro II por Linhares – Lagoa Juparanã e ilha do Almoço

Alguém lembrou de enterrar uma garrafa de champanha esvaziada nos brindes, fornecendo o imperador uma cédula da sua algibeira para ser colocada dentro da garrafa junto a outras pequenas lembranças

Figueiredo cria hoje a reserva de Comboios - 1984

Figueiredo cria hoje a reserva de Comboios - 1984

O presidente João Figueiredo assina hoje os decretos de criação do Parque Nacional da Serra do Cipó, da Reserva Biológica em Comboios, e da Floresta do Jamari

Novas insurreições dos íncolas na Capitania do ES

Novas insurreições dos íncolas na Capitania do ES

Outra matéria que ocupou logo a atenção do donatário foi a guerra que os índios da capitania reiniciavam naqueles dias contra os brancos

Auxílio da Bahia – Fernão de Sá

Auxílio da Bahia – Fernão de Sá

A Fundação de Vitória

A Fundação de Vitória

Aquela provisão lança por terra a tradição de que foi o triunfo alcançado pelos ilhéus a 08/09/1551 que deu nome a Vitória

Por que Morro do Moreno?

Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Jesuítas no Espírito Santo

Jesuítas no Espírito Santo

Em 1549 partiram da Bahia – escalaram no porto da “povoação do Espírito Santo” Leonardo Nunes e Diogo Jácome

Origem do nome das cidades do ES

Origem do nome das cidades do ES

Muitas vezes, por um simples motivo, surge a origem do nome de uma cidade, como por exemplo, o hábito dos moradores de tomar um cafezinho que, de tão ralo, mais parecia água doce. Daí veio o nome da cidade de Água Doce. E o nome da cidade de Águia Branca, de onde surgiu essa idéia? 

Araribóia X Villegagnon

Araribóia X Villegagnon

Araribóia, comandante de duzentos temiminós que o Espírito Santo mandou à luta contra os franceses de Villegagnon

Perlustrando a costa - Limites com a capitania de S. Tomé

Perlustrando a costa - Limites com a capitania de S. Tomé

Vasco Coutinho em 1539 passou um assinado a Pero de Góis – donatário de São Tomé – demarcando limites entre as duas capitanias