Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O Esporte na História do ES

Remo: O Braço Forte do Esporte Capixaba - Por João Arruela Maio

Remo: O Braço Forte do Esporte Capixaba - Por João Arruela Maio

Vitória em 1952, na disputa do Campeonato Continental, na raia de Valdivia, em Santiago, no Chile

O Esporte da Vela - Fernando Jakes Teubner

O Esporte da Vela - Fernando Jakes Teubner

Toda a década de 50 a vela do ICES teve lugar ao sol com o Jakaré

O Retro-susto do Zé Costa

O Retro-susto do Zé Costa

Nogueirinha, o gigante condutor do Praia Tênis Clube por tantos anos, para garantir o sucesso dos Jogos Praianos

Humor, Vergonha, Coragem e Tragédia - Por Álvaro José Silva

Humor, Vergonha, Coragem e Tragédia - Por Álvaro José Silva

16 de dezembro de 1968. A Seleção Capixaba de Remo está em Porto Alegre para o XXXVII Campeonato Brasileiro

Santo Antônio Futebol Clube

Santo Antônio Futebol Clube

O bairro mais antigo da capital espírito-santense tem uma imensa importância para o futebol capixaba, pela trajetória esportiva do time do Santo Antônio

O Caxias Esporte Clube

O Caxias Esporte Clube

A história registrada das entidades de classe da PMES tem seu inicio no dia 29 de julho 1919, conforme a Ordem do Dia n° 159-A, do Corpo Militar de Policia (PMES)

No Maracanã, 1950 e 2014

No Maracanã, 1950 e 2014

Elça Melo Soares, escritora de 92 anos que esteve na dramática final da Copa do Mundo de 1950 mostra suas lembranças daquele dia e suas esperanças para a Seleção Brasileira neste ano

Mora

Mora

É válido destacar, resgatando os costumes dos imigrantes italianos que vieram para o ES, os jogos de lazer, como mora, baralho e bocha, ainda praticados pelos descendentes em Santa Teresa

Pesca com iscas artificiais

Pesca com iscas artificiais

As moscas são do tipo seco (de superfície), afogadas e ninfas (submersas). É usada na pesca do salmão, truta, blackbass, tilápia, etc

A Copa de 2006

A Copa de 2006

Lembrei-me desta história por causa da melancólica participação do Brasil na Copa do mundo de 2006. O escrete canarinho chegou à Alemanha com honras de superfavorito