Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Vasco Fernandes Coutinho

Vasco Coutinho velejando para o Brasil

Vasco Coutinho velejando para o Brasil

Vendeu tudo, contraiu dívidas, arregimentou os irreconciliáveis sessenta colonos e, com criados e fâmulos, empinou as velas do "Glória" em busca de seu "vilão farto"

Vasco – Viagens e Ilusões

Vasco – Viagens e Ilusões

Embarcou o capitão-mor provavelmente em 1539, deixando o turbulento D. Jorge de Menezes, valente porém antipatizado por todos, à testa do governo

Vasco Fernandes Coutinho – Por Norbertino Bahiense

Vasco Fernandes Coutinho – Por Norbertino Bahiense

Em que local da Igreja supõe terem sepultado a arca com os ossos de Vasco Fernandes Coutinho?

O ocaso do comandante

O ocaso do comandante

Com a morte de Vasco Fernandes Coutinho, assume o filho bastardo, porque os legítimos haviam falecido 

O domínio da Família Coutinho no ES – Por João Eurípedes Franklin Leal

O domínio da Família Coutinho no ES – Por João Eurípedes Franklin Leal

Em conseqüência de investigações históricas procedidas no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa, deparamos com um documento de real importância para o bom conhecimento da seqüência de governos de membros da família Coutinho

Vasco e os primeiros Jesuítas do ES - Por Mário Freire

Vasco e os primeiros Jesuítas do ES - Por Mário Freire

A fundação dessa confraria ou irmandade justifica ser a Misericórdia do Espírito Santo, da qual Anchieta foi capelão, uma das mais antigas do Brasil

Reabilitação Histórica de Vasco Fernandes Coutinho

Reabilitação Histórica de Vasco Fernandes Coutinho

Mandou V. S. dar sepultura decente aos ossos do primeiro donatário, Vasco Fernandes Coutinho, que, soterrados em uma área, ainda se conversam relíquias dele

Carta Foral a Vasco Fernandes Coutinho - de 07 de outubro de 1534

Carta Foral a Vasco Fernandes Coutinho - de 07 de outubro de 1534

Já disseram que a carta de Pero Vaz de Caminha é a certidão de nascimento do Brasil. Em relação ao Espírito Santo, podemos considerar como sua certidão, a Carta Foral do Rei Dom João III ao fidalgo Vasco Fernandes Coutinho donatário da Capitania do Espírito Santo

Vasco Fernandes Coutinho - O 1º Morador da Praia da Costa

Vasco Fernandes Coutinho - O 1º Morador da Praia da Costa

O local onde residiram os três primeiros donatários da Capitania do ES, mais tarde passou a pertencer a Família Freitas, o que vem a ser comprovado pela certidão do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo

O Vasco do Espírito Santo - Por Francisco Aurélio Ribeiro

O Vasco do Espírito Santo - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Portanto, Vasco Cominho chegou aqui, premeditadamente, no dia da festa de Pentecostes, para tomar posse sua capitania, a que nomeou do Espírito Santo