Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Decreto Imperial que criou a função de Prático

Rebocador da Vale - Fonte Gazeta On-line

A história da praticagem no Brasil teve início com a Carta Régia da abertura de portos brasileiros às nações amigas, feita por Dom João VI, em janeiro de 1808.

Em conseqüência desse ato, Dom Pedro I criou, por meio de Decreto Imperial, em junho do mesmo ano, a função de Prático.

No documento, D. Pedro I institui a função e justifica: “Para que os navios das Potências Aliadas, e Amigas da Minha Coroa não encontrem risco algum na sua entrada ou saída, que haja Pilotos Práticos desta Barra, capazes, e com suficientes conhecimentos, que possam merecer a confiança dos Comandantes, ou Mestres das Embarcações, que entrarem ou saírem deste Porto”, assinalou.

No Espírito Santo, a Praticagem contratou dois historiadores da categoria de portos do Estado, trabalho que promete apresentar em breve.

 

Fonte: Jornal A GAZETA de 31/03/2006
Compilação: Walter de Aguiar Filho,agosto/2011 



GALERIA:

📷
📷


Portos do ES

A História do Porto de Vitória

A História do Porto de Vitória

A cidade cresceu e passou a ter uma paisagem inédita: os grandes navios que “passeiam” na avenida.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Corredor de Transportes, impulso para crescer

Corredor de Transportes, Uma ferrovia, sete portos e uma esperança

Ver Artigo
Novo barão explorou areias monazíticas até em Vitória

As jazidas com maior atividade ficavam em Carapebus, na Serra, mas também há registros de retirada de areia em Vitória

Ver Artigo
A dupla do milagre - Christiano Dias e Arthur Gerhardt

Seja quem for o pai do Espírito Santo moderno, Arthur e Christiano formaram uma dupla de sucesso nos primeiros momentos da Revolução de 1964

Ver Artigo
Dos trilhos para o mundo (Tradução para o inglês)

A história da ferrovia Vitória à Minas já estava essencialmente atada a CVRD quando dos quadros da ferrovia ascendeu para a presidência da empresa o engenheiro Eliezer Batista

Ver Artigo
A queda do Porto de São Mateus – Por Fernando Schwab Firme

Projetos não são problemas e sim a definição de sua utilidade e sua elaboração em resposta a uma demanda efetiva

Ver Artigo