Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A 1ª Constituição do Espírito Santo

Hoje a Constituição que vigora em nosso Estado é a de 5 de outubro de 1989

No Brasil é a Constituição que estabelece os direitos fundamentais dos indivíduos. Constituição é a lei mais importante de um país ou de um Estado. Ela estipula como o país ou os Estados devem ser governados, os poderes dos governantes, como eles são eleitos e o tempo de seu governo. Determina ainda os direitos do Estado no trato com as pessoas, as obrigações de uns e de outros.

A Constituição é feita por representantes do povo, eleitos para esta finalidade. A atual Constituição Brasileira entrou em vigor em 1988. Antes dela houve outras constituições.

A primeira Constituição do Espírito Santo data de 1891, logo depois de proclamada a república. Hoje a Constituição que vigora em nosso Estado é a de 5 de outubro de 1989.

A Constituição, sendo a lei principal prevalece sobre todas as outras leis. Por isto é chamada de lei magna. Todas as outras leis dependem da Constituição e não podem contrariá-la. É importante que todo cidadão procure conhecer a Constituição de seu país e de seu Estado e as leis que governam a todos nós.

 

Fonte: Espírito Santo - Nossa História, Nossa Gente
Autor: Luiz Guilherme Santos Neves
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2012 

LINKS RELACIONADOS:

 Uma capitania atribulada
 A morte do primeiro donatário
 Quarto Centenário de Vila Velha 

 Perfil - Vasco Fernandes Coutinho 
 Primeiro núcleo de Vila Velha 
 Vasco Coutinho veio na certa! 
 Barrinha - A foz do Rio da Costa 
 O Morro do Moreno na história do ES

História do ES

O Homem e a Tempestade – Por Mário Gurgel

O Homem e a Tempestade – Por Mário Gurgel

Apenas a tempestade não respeita ninguém. Não tem protegidos, não aceita cartões nem pedidos, não estabelece critérios de tratamento de acordo com a posição social de cada homem

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Viajantes Estrangeiros ao ES – Auguste François Biard

Na relação dos principais viajantes estrangeiros ilustres que estiveram em nosso país, no segundo meado do século dezenove, sem muito destaque, inclui-se o nome do pintor francês — Auguste François Biard

Ver Artigo
Viajantes Estrangeiros ao ES – Jean-Jacques de Tschudi

"No dia seguinte, a comitiva regressou a Vitória, onde o presidente Sousa Carvalho já havia providenciado uma canoa grande e cinco remadores, escravos, para subirem o curso caudaloso do rio Santa Maria, até a colônia de Santa Leopoldina"...

Ver Artigo
Palácio das Águias

A Barra do Itapemirim, em Marataízes, é um antigo núcleo de povoação fundado no ano de 1771 pelos portugueses 

Ver Artigo
Festival de Verão de Guarapari Janeiro 1971

A ideia tinha partido de dois jornalistas, Antônio Alaerte e Rubens Gomes Filho

Ver Artigo
Mais nomes curiosos de ruas de Vitória

RUA DO FOGO ou CARAMURU - Foi conhecida por Ladeira do Quebra-Bunda, pois com leito em pedra, muito íngreme e sempre molhada por infiltrações, era bastante escorregadiça

Ver Artigo