Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Avenida Cleto Nunes

Av. Cleto Nunes e Parque Moscoso quando ainda não era murado

A Avenida Cleto Nunes (13), foi inaugurada em 18 de novembro de 1894 para ser uma nova estrada para o bairro Santo Antônio. Após a conclusão do Parque Moscoso, a avenida tomou novo aspecto, com a construção de vários “palacetes-comércio”.

Logo no início da avenida, encontra-se o prédio da antiga Diretoria de Serviços Sanitários (14), construída para prevenir a proliferação de epidemias como febre amarela, gripe, sarampo e tifo, comuns no início do século passado. Mais tarde, o prédio foi sede da Faculdade de Farmácia e Bioquímica do Espírito Santo (Fafabes).

Mais à frente, tem-se o antigo Hospital da Caridade, posteriormente denominado Santas Casa de Misericórdia (15), construída durante a administração do governador da província Francisco Alberto Rubim (1812-1819). Em 1910, a edificação foi ampliada, recebendo novos pavilhões e escadaria imponente. Nos últimos anos, após diversas reformas, o edifício teve sua fachada original alterada.

Ainda na Avenida Cleto Nunes, na esquina com a Rua 23 de Maio, funcionou o aristocrático Clube Vitória.

 

Fonte: Roteiro Histórico III - Prefeito de Vitória, João Carlos Coser, outubro/2007
Compilação: Walter de Aguiar Filho, junho/2011

 

 

                                                                                                                                                        



GALERIA:

📷
📷


Bairros e Ruas

Carapina e sua Origem

Carapina e sua Origem

O cientista Barbosa Rodrigues, diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em 1893, registrou importantes conhecimentos sobre a caraça, meliácea originária da Guiana Francesa e do Amazonas, também conhecida como carapina e andiroba

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Centro de Vitória

Palco de batalhas ferrenhas contra corsários invasores, espaço para peladas de futebol da garotada, de footings de sábados e domingos, praças, ladeiras e ruas antigas curtas e apertadas, espremidas contra os morros — assim é o Centro de Vitória

Ver Artigo
Ruas de Vitória

Somente em 1908, sob o governo Jerônimo Monteiro, Vitória inicia sua fase de urbanização

Ver Artigo
Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Praça João Clímaco (ex-praça Afonso Brás) – Por Elmo Elton

Em 1910, Jerônimo Monteiro, quando o logradouro tinha o terreno inclinado, para aplainá-lo, construiu-se um muro de arrimo, coroado por balaustrada, fronteiro à atual Rua Nestor Gomes

Ver Artigo
Como nasceu a Vitória – Por Areobaldo Lellis

Circundada por montanhas desabitadas, os seus extremos eram ligados, a partir das Pedreiras, hoje Barão Monjardim

Ver Artigo