Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 5)

Retrato da verdadeira imagem de Nossa Senhora da Penha

RETRATO DA VERDADEIRA IMAGEM DE NOSSA SENHORA DA PENHA

A imagem de Nossa Senhora da Penha, encomendada por Frei Pedro Palácios em Portugal e inaugurada em 1570, tem 76 cm de altura. O porte é de, uma nobreza, graça e naturalidade. A expressão, de uma doce melancolia. Por duas vezes, nesses quatro séculos de existência, afastou-se ela do seu trono, no alto da Penha, para visitar Vitória: a primeira, em 1769, quando, da grande seca que assolava, então, a Capitania; a segunda e última por ocasião das comemorações do IV centenário de fundação da cidade de Vitória, em 1951. Desceu ela, na tarde de 7 de setembro, e foi transportada à cidade no navio-escola "Guanabara", da nossa Marinha de Guerra. Indescritível o entusiasmo com que foi recebida pelo povo da capital! A sua visita constituiu o ponto culminante dos festejos programados do centenário. No dia seguinte, 8 de setembro, depois da missa pontifical, celebrada por Sua Eminência, o Sr. Cardeal do Rio de Janeiro, Dom Jaime de Barros Câmara, foi coroada solenemente pelo legado de Sua Santidade o Papa Pio XII e seu representante junto ao Governo Brasileiro, o Sr. Núncio, Apostólico, Dom Carlo Chiarlo, que, então, pronunciou substanciosa oração. As coroas de ouro maciço, de Nossa Senhora e do Menino Jesus, foram doação das senhoras capixabas produtos de uma bela campanha, promovida e dirigida pela exma. Sra. do Governador do Estado, d. Alda dos Santos Neves. A sagrada imagem permaneceu em Vitória até o dia 16, quando retornou ao seu, santuário, entre manifestações de incontido júbilo da população. Seus vestidos são de veludo branco, todo bordado a ouro, e guarnecidos com muitos adereços de pedras preciosas, brincos, cordões, broches, anéis, pulseiras, tudo de ouro, ofertas de seus devotos agradecidos. A imagem, devido ao estado precário em que se encontrava, passou por uma reforma em regra, respeitando-se a sua forma original.

 

Autor 1: Frei Basílio Rower autor desta monografia histórica
Autor 2: Frei Alfredo W. Setaro autor dos dizeres que acompanham as ilustrações
Fonte: O Convento De Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo - 2ª edição, 1965

Convento da Penha

O milagre do sino

O milagre do sino

Velho e trêmulo e cansado, Frei Pedro Palácios, o humilde franciscano que, ao serviço de Deus, viveu sempre a lidar naquele dia, fatigado, saiu a passear...

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 8)

Convento de Nossa Senhora da Penha - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte I)

Convento de Nossa Senhora da Penha - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 2)

Recanto da Ladeira das Sete Voltas - Foto do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 3)

Vista do Convento (lado norte) - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 4)

A imagem e a história do Senhor Bom Jesus - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 6)

Convento de Nossa Senhora da Penha - Fotos do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo
A História do Convento da Penha com Imagens (Parte 7)

Convento de Nossa Senhora da Penha - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Ver Artigo