Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A origem da Praia da Costa

Foto: Edson Quintaes

Ao tomar posse da Capitania do Espírito Santo em 1535, Vasco Fernandes Coutinho reservou para si uma área que veio a ser conhecida como " Fazenda da Costa" . Construiu a sua sede no pequeno " Sítio do Ribeiro", onde edificou a Casa Grande. Nesse Sítio Histórico, viveu até seu último dia.

Ali também residiu seu filho, o segundo donatário e sua esposa, dona Luíza Grinalda, primeira governadora em terras do Brasil, e serviu de hospital para repouso do padre José de Anchieta.

Em 1589, faleceu na Fazenda da Costa Vasco Fernandes Coutinho Filho.

Damos um salto na história, e em outubro de 1929, a " Empresa Brazileira de Engenharia, Comércio e Finança" separou parte da Fazenda da Costa e contratou o Doutor Joel da Escócia para loteá-la. Mais tarde, no governo revolucionário, o Interventor do Estado, Doutor João Punaro Bley, desapropriou todo o loteamento para nele ser edificado o Preventório Gustavo Capanema e residência oficial do Governador.

No governo de Aristeu Borges de Aguiar (1930), foi construída a ponte sobre o Rio da Costa, próximo de onde hoje é a loja do Mac Donald´s.

Com a construção da ponte e do preventório, a Praia da Costa passou a ser frequentada por autoridades e pelo povo. Com a frequência dessas visitas e dos banhistas, foi inaugurado o Bar Sereia e o Posto 1 (primeiro posto de salva-vidas do Estado).

Entusiasmado com o sucesso de vendas dos loteamentos anteriores, Itapoã e Garanhus, de propriedade de Carvalho & Cia e Aloísio Freitas, o senhor João Joaquim da Mota resolveu lotear a sua gleba litorânea.

Assim, na Praia da Costa surgiram as primeiras residências, tais como as dos senhores Gastão Roubach, Francisco Rocha e Dr. Dório Silva.

 

Autores: Jair Santos e Edward D´Alcantara. (Transcrito do Jornal da Praia da Costa)

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Loteamento da Praia da Costa
>>
 
Mais Praia da Costa 
>>
 
Praia da Costa ontem e hoje
>>
 
Em busca do mar 
>>
 Os "points" da Praia da Costa  
>>
 
Vila Velha
>> 
Terceira Ponte



GALERIA:

📷
📷


Especiais

Governador Silva Pontes tenta superar o atraso

Governador Silva Pontes tenta superar o atraso

Nomeado em 1798, Antônio Pires da Silva Pontes só a 29 de março de 1800 tomou posse como governador da Capitania do Espírito Santo

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Comunicações e Transportes - Os dias antigos

O zeppelin teve uma forte fixação no imaginário popular, servindo sua foto sobre o Convento da Penha de capa à revista Chanaan de abril de 1936

Ver Artigo
O Caminhão na Curva

No dia 1º de março de 1966, o avião pousou em Vitória “em meio à comoção coletiva do grande número de pessoas e autoridades que desde as 11 horas aguardavam o momento de tributar as suas últimas homenagens ao parlamentar”

Ver Artigo
Vila Velha depois de Vasco

Dona Luzia Grinalda, nora de Vasco Coutinho, era casada com Vasco Coutinho Filho. Ao falecer o “velho” Coutinho, herda o governo seu filho bastardo Vasco Fernandes Coutinho Filho

Ver Artigo
Vasco Coutinho veio na certa!

Quando Vasco Fernandes Coutinho, o primeiro donatário do ES, recebeu a doação do Rei D. João III em 1534, o local para onde viria já era conhecido

Ver Artigo
Hermógenes Fonseca, cidadão universal

Hermógenes pugnou incansavelmente para, pelo seu próprio exemplo, difundir uma saudável crítica ética que buscava discernir entre o verdadeiro e o falso, buscando sedimentos eficazes para que pudéssemos compreender a sua máxima de que a vida pode ser vivida com paz e alegria

Ver Artigo