Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Aprenda a escolher um bom peixe

Peixe Pargo

Peixe é um ótimo alimento, mas cuidado quando for comprar: você precisa estar certo de que está fresco. Cheire o peixe na altura das guelras. Se sentir cheiro forte, não compre. Um peixe bom, bem fresquinho, tem as escamas presas ao corpo e brilhantes. As guelras são úmidas e rosadas, ou avermelhadas. Os olhos são brilhantes e a pele intacta e de cor viva. A carne, branca ou rosada, deve estar firme. E deve resistir à pressão dos dedos com um reflexo que lembre o da madrepérola.

Na hora de limpar, deixe-o durante uns quinze minutos em água fria e, depois, segurando pela cabeça, faça um corte no ventre e tire as vísceras. As nadadeiras, você tira fazendo um corte de cada lado e puxando-as num movimento rápido e preciso. Para terminar, lave o peixe em água corrente, até sair todo o sangue, para que a carne não fique escurecida.

Link Relacionado:

>> Receita da Moqueca Capixaba



GALERIA:

📷
📷


Matérias Especiais

Participação Popular e Planejamento: duas experiências

Participação Popular e Planejamento: duas experiências

O que estamos presenciando no Brasil e no Estado do Espírito Santo atualmente é uma tentativa de ampliar a participação popular 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Cidade em outros tempos

Bondes, lanchas, manguezais e catraeiros nos remetem há uma época que creio não retornará. Vou citar alguns fatos e nomes de alguns personagens

Ver Artigo
Mercados e Feiras

Entreposto de vida nas cidades. Os mercados e feiras fazem a ligação, do campo para a cidade, do pão nosso de cada dia. É onde a cidade vai buscar o seu alimento...

Ver Artigo
Vitória da Bossa

O mundo inteiro sabe que o nascimento da Bossa Nova se deu na Zona Sul do Rio, mas poucos se dão conta de que Vitória exerceu papel de coadjuvante na criação do movimento

Ver Artigo
A lenda do judeu pescador

O judeu, natural do Algarve, era católico, e atribuía a sua boa sorte à devoção de São Tiago e Santa Marta, cujas imagens mantinha num oratório

Ver Artigo
Festejos de Natal: Reis

O Reis foi introduzido em Vila Velha pelo Padre Antunes de Sequeira. Filho de Vitória, onde nascera a 3 de fevereiro de 1832

Ver Artigo