Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

As Primeiras Escolas de Vila Velha

A primeira Escola Pública Estadual de Vila Velha, que funcionava na casa que mais tarde seria ocupada pelo casal Anselmo Cruz e Celeste, construída na Rua São Bento, no Antigo Cais das Pedrinhas, onde hoje está a guarita da FAMES. (FOTO 1)

Junto à Pedra do Cruzeiro, na Prainha, onde hoje temos a guarita da Escola de Aprendizes-marinheiros, está o casarão que abrigou a escola pública da antiga Rua São Bento. Nos primeiros anos deste século já era residência do casal Anselmo Cruz e senhora Celeste Pacheco Cruz. (Foto 1)

Escola Pública para meninos, a cargo do professor Ernane Souza, localizada na orla da Prainha. A casa foi demolida por volta de 1920, pelo prefeito Antônio Athayde, na execução das primeiras obras de urbanização da cidade. Tratava-se de uma sala da residência do professor.

Escola Pública para meninas instalada na residência da professora Francelina Carneiro Setúbal, localizada à esquina da Rua Vasco Coutinho e largo posterior da igreja do Rosário, hoje Praça Otávio Araújo. (Foto 2)

Escola Pública mista localizada à esquina da Rua Coronel Mascarenhas e Praça da Bandeira, ao lado da igreja do Rosário. Foi construída em 1911, pelo governo Jerônimo Monteiro.

Escola Pública, a cargo da professora Assisolina de Assis, localizada à esquerda das Ruas Padre Carneiro e Pedro Palácios. A casa e a Rua Padre Carneiro desapareceram em conseqüência das obras de urbanização realizadas durante a segunda administração do prefeito Eugênio Pacheco de Queiroz, em 1940.

Escola Pública que funcionava na casa de esquina das Ruas Jerônimo Monteiro e Presidente Lima e que estava a cargo das professoras Cynthia e Izaltina Fernandes. Essa escola atendia às crianças do antigo bairro da Maxambomba.

Escola Pública mista, que ocupou o belo casarão da Rua Dom Jorge Menezes e possibilitou o agrupamento das pequenas escolas instaladas nas residências dos professores. Era o começo do Grupo Escolar Vasco Coutinho, localizado hoje na Praça Duque de Caxias e cuja construção já estava em andamento, a Cargo do Governo do Estado. Após a sua inauguração, em 1932, esse grupo escolar centralizou todas as classes existentes no centro urbano de Vila Velha e teve como primeiro diretor o professor Ernane Souza (foto 3 e 4).

 

Até a metade do nosso século Vila Velha só tinha escola Primária, ou de primeiro grau. Para cursar o ginásio – ou segundo grau, o estudante deveria deslocar-se diariamente até Vitória.

Para isso era indispensável que a família tivesse recursos para arcar com as despesas de colégio, transporte e merenda. Com isso, poucos estudantes puderam continuar os estudos depois de completar o curso primário ou primeiro grau.

Em 1950, a Câmara Municipal decretou e o prefeito Domício Ferreira Mendes sancionou a Lei Municipal n° 85, que autorizou e efetivou a doação da área do Sítio Batalha aos Irmãos Maristas. Consta que tal medida acarretou uma despesa apreciável para o erário municipal, que para isso desapropriou a área. Por outro lado, é importante que seja observado o conteúdo do parágrafo terceiro do artigo segundo, que diz:

A união Brasileira de Educação e Ensino [Irmãos Maristas], ficará obrigada a conceder, em cada série, gratuitamente, à Prefeitura Municipal (três) 3 matrículas no curso ginasial e (duas) 2 no curso colegial.

Segundo dados do IBGE, em 1956, Vila Velha tinha trinta e quadro unidades de ensino primário fundamental em funcionamento, com 4.800 alunos matriculados. Eram recentes as aberturas do Ginásio Nossa Senhora da Penha pelos Irmãos Maristas e do Instituto Nossa Senha das Graças, sob a direção de irmãs religiosas e localizada, à Rua Luciano das Neves, onde está até hoje.

 


Fonte: VILA VELHA Onde começou o Estado do Espírito Santo, 1999
Autor: Jair Santos
Compilação: Walter de Aguiar Filho Outubro/2013



GALERIA:

📷
📷


Vila Velha

Pregões em Vila Velha

Pregões em Vila Velha

Em Vila Velha, na década de 20, os vendedores ambulantes tinham seu repertório especial para apregoarem suas mercadorias

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Festa da Penha – Por Edward Athayde D’Alcântara

A dispersão do povo residente em Vitória ou ao longo da linha de bondes ia até a madrugada; o bonde funcionava 24h

Ver Artigo
Antônio Francisco Athayde – Por Seu Dedê

Doutor Antônio Francisco de Athayde foi prefeito de Vila Velha no período de 1918 a 1921

Ver Artigo
Vila Velha, a Cidade, sua História – Por Seu Dedê

O geólogo canadense Charles Frederick Hart, visitou Vila Velha no ano de 1865

Ver Artigo
Toca – Por Seu Dedê

Depois de Ernesto Goggi David vinha o terreno e residência de Gil Bernardes da Silveira

Ver Artigo
Abissínia – Por seu Dedê

Não se diria que era um bairro. O lugar hoje é conhecido como Rua Araribóia, fica logo atrás do Cemitério Municipal

Ver Artigo