Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Biodiversidade

Morro do Moreno.

O pensamento ambiental moderno diz que é preciso parar de tentar dominar a natureza e passar a interagir com ela, medindo as conseqüências ambientais de nossos atos. Não mais o homem contra a natureza, mas o homem com a natureza, ao lado dela.

O antigo conceito de preservação ambiental, baseado na intocabilidade dos recursos naturais, foi substituído por outro que condiciona a preservação ao uso racional dos recursos naturais.

Este desenvolvimento, que conserva e realimenta sua fonte de recursos naturais, promove a repartição justa dos benefícios alcançados e não é movido apenas por interesses imediatistas, é capaz de manter-se no espaço e no tempo, é que damos o nome de desenvolvimento sustentável.

Nesse contexto, a preservação ambiental encontra no Ecoturismo uma forma interessante para promover a educação e, de certa forma, desenvolver uma atividade produtiva para as comunidades que estão preservando os recursos naturais.

No Brasil, uma Unidade de Conservação denominada Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) cumpre bem o papel ecoturístico, por retirar da área com elevado valor natural o risco de uso predatório, através de atividades sustentáveis e econômicas, agregando valor aos produtos da propriedade.

Os proprietários da área não loteada do Morro do Moreno já deram entrada no processo de transformação da gleba em uma RPPN, em documento protocolado junto ao IBAMA.

Dessa forma, se pretende preservar a área que se constitui na maior área do morro com 300.000,00 m2, maior do que o loteamento Monte Moreno com 220.000,00 m2, explorando sua biodiversidade e oferecendo à comunidade e aos turistas diversas atividades de cunho ecológico, como museu natural, oficinas de arte ecologia, trilhas suspensas (arborismo), dentre outros projetos.

O ecoturismo engloba um conjunto de iniciativas que visam harmonizar a conservação da natureza com a valorização da cultura local e a promoção do desenvolvimento econômico.

A participação de toda sociedade organizada juntamente com o governo é importante para fornecer os recursos necessários à proteção das áreas naturais mais visitadas, garantindo assim a manutenção das atividades econômicas associadas à preservação ambiental.

Lembramos que não existe um modelo universal de Desenvolvimento Sustentável, pois possuímos infinitas diferenças culturais e potenciais, nativas de cada região.

Fonte: Caderno Especial A Gazeta (21/05/2001) e *Agenda 21.

* Em busca de soluções que possam reverter este quadro, novas descobertas nos conduzem à uma nova realidade.

A compreensão mundial de que a qualidade de vida das gerações presentes e a sobrevivência das gerações futuras dependerá da implementação de um novo padrão de produção e consumo por parte de toda sociedade, fez com que o Brasil e mais de 120 países assinassem, na reunião da Rio-92, um protocolo para o século XXI, denominado Agenda 21.

A Agenda 21 constitui-se em um conjunto de compromissos para serem cumpridos neste século. Um documento com as ações necessárias para nos conduzir à um padrão sustentável de desenvolvimento, que possa melhorar nossa condição de produtores, consumidores e, principalmente, de seres vivos, atendendo as necessidades do presente sem comprometer as gerações futuras. A este novo modelo foi dado o nome Desenvolvimento Sustentável.

LINKS RELACIONADOS:

 Ecologia 
    Morro do Moreno e RPPN



GALERIA:

📷
📷


Ecologia

Restinga da Barrinha - Um projeto com Nome!

Restinga da Barrinha - Um projeto com Nome!

Que esse trecho da orla da praia, que se estende até a desembocadura do Rio Jucu e a Pedra da Concha seja batizado por um projeto com Nome!

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Turismo no Campo - Por Cacau Monjardim em 1975

Nestas propriedades seriam mantidas as tradições que poderiam vir a ser incluídas  na programação e formação de uma rede estadual de turismo rural ou melhor, de turismo-natureza

Ver Artigo
Medidas para ajudar a salvar o Rio Doce

Especialistas sugeriram em encontro o reflorestamento das margens e recuperação de nascentes para preservar o rio

Ver Artigo
Regência é eleita a 6ª melhor praia do Brasil para surfar

O portal analisou os melhores picos para a prática do esporte, com a supervisão do surfista profissional Bino Lopes, campeão brasileiro de 2015. Fernando de Noronha, em Pernambuco, lidera o ranking

Ver Artigo
Espírito Santo assina convênio para Comboios

A reserva foi criada em 1953. A legislação que está sendo utilizada é a do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)

Ver Artigo
Farol centenário vai ser restaurado em Regência

Obras de restauração do monumento histórico, no litoral de Linhares, devem ser concluídas até o final do mês

Ver Artigo