Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cachaça Thimotina - Agroturismo Cultural

Cachaça Thimotina - Fundada em 1915, por Francisco Thimóteo Dias

Fundada em 1915, por Francisco Thimóteo Dias, a Thimotina é considerada entre os apreciadores, uma das cachaças de maior qualidade do Brasil.

A cana utilizada em seu processo de fabricação é sempre fresca e criteriosamente selecionada.

A colheita manual evita que a cana não sofra nenhum tipo de queima, o que comprometeria a sua qualidade.

A fermentação é natural, sem adição de produtos químicos.

O processo de destilação é feito em alambique de cobre, que catalisa importantes reações no processo. Da destilação, a “cabeça” e a “cauda” são eliminadas, aproveitando-se somente a parte nobre do destilado, chamada de “coração”.

Seu amadurecimento é processado em barris de carvalho, que oferecem à cachaça um bouquet especial, com aroma e sabor deliciosamente apurados.

A Cachaça Thimotina é reconhecida em todo o país pelo sabor, aroma e qualidade requeridos pelos mais exigentes paladares.

 

Um sabor bem Brasil.

 

Fonte: Cachaça Thimotina: Dias & Soares Ltda - Estrada da Floresta km 1,5 Afonso Cláudio - ES, Brasil (fone:27-3735-1343) 



GALERIA:

📷
📷


Variedades

O 1º Clube Carnavalesco de Vitória

O 1º Clube Carnavalesco de Vitória

Funda-se neste ano de 1874, nesta capital, uma sociedade com o título Clube Recreio Carnavalesco, com o fim de oferecer a seus sócios distrações

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O 1º Clube Carnavalesco de Vitória

Funda-se neste ano de 1874, nesta capital, uma sociedade com o título Clube Recreio Carnavalesco, com o fim de oferecer a seus sócios distrações

Ver Artigo
A História do Carnaval no Brasil - Por Haroldo Costa

Defendo com ardor e a mais profunda convicção que o nosso Carnaval representa hoje a mais fiel tradução das nossas heranças, contradições, perplexidades e perspectivas

Ver Artigo
A História do Carnaval

Foi em fins do século XIX e início do séc. XX que o carnaval do Brasil começou a conquistar fisionomia própria: nessa época já declinava o carnaval europeu

Ver Artigo
A maior tentação do poeta é ser poeta (para Otinho)

Poetas são exímios jogadores de esperteza. A palavra é sua peça de xadrez, seu dominó. Ao contrário dos que blasfemam, o poeta não é nuvem, nem inútil. O poeta tem corpo, é coisa sólida, pois seu poema é o corpo, mesmo quando morto, e seu poema é a alma de quem o lê

Ver Artigo
Casas antigas guardam histórias e mistérios (1ª parte)

No centro da cidade, casas quase centenárias a abandonadas causam medo e desconfiança 

Ver Artigo