Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Capela de Fazenda

Largo de Santa Luzia. Desenho: André Carloni

Na Cidade Alta, um vestígio da Vitória do século XVI: a Capela de Santa Luzia. A história diz que foi erigida pelo primeiro "dono" de Vitória, o próprio Duarte de Lemos. Seguindo o costume da época, era uma capela de fazenda. Abrigou o destino de inúmeras procissões e festas de igrejas, além de associações de devotos, como a Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios (isso no século XVIII), com suas festas e devoções bastante alegres e concorridas.

A Capela de Santa Luzia hoje é a sede capixaba do Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A arquitetura da Capela de Santa Luzia já dá pistas sobre como eram as primeiras construções de Vitória. Seguindo a necessidade de proteção e defesa, os prédios tinham paredes grossas, maciças, poucos e imensos janelões para aproveitar ao máximo a luz do sol. Justamente por causa dessa luminosidade dos trópicos, as casas eram caiadas de branco. A decoração era restrita às igrejas, com pinturas simples nas paredes e imagens de madeira e gesso, vindas sobretudo de Portugal.

 

Fonte: A Gazeta, Vitória 450 anos
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2010 

Matérias Especiais

Cerimônias como rituais de poder - Por Geert Banck

Cerimônias como rituais de poder - Por Geert Banck

Um dos cerimoniais mais importantes em Vitória é um prédio baixo com uma entrada moderna, que remete a um hotel numa telenovela

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Posfácio do livro Parabéns Pra Você – Por Cariê Lindenberg

Por fim, o que mais me marca em Maria é a sua determinação, força de vontade e grande fibra

Ver Artigo
Páginas soltas – Por D. Maria Lindenberg

Noventa anos significam uma vida repleta de bons e de maus momentos. De triunfos e de derrotas

Ver Artigo
Depois de Carlos – Por D. Maria Lindenberg

O domingo de 19 de agosto de 1990 deveria ser igual a qualquer outro

Ver Artigo
Em Palácio – D. Maria Lindenberg

Procurei ser amável sem pieguice; elegante, sem os maneirismos da moda; firme sem teimosia

Ver Artigo
O casamento – D. Maria Lindenberg

Sentamos no banco, que rodeava o abacateiro, para apreciar o cair da noite e, pronto, aconteceu: Carlos me deu o maior beijo

Ver Artigo