Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Carapina já foi de Vitória

Ufes, Jardim da Penha e Morro do Moreno ao fundo, 1975

Carapina já pertenceu ao Município de Vitória. Serra também. Em 2 de abril de 1833, o Município Serrano se estende até a ponte da Passagem, em Vitória, situação ratificada pelo Decreto 311, de 1939. Com a inauguração do Aeroporto Eurico Salles de Vitória em 1946 e a construção do Porto de Tubarão, que foi inaugurado em 1966 pela Companhia Vale do Rio Doce, os limites são demarcados, pela Lei Estadual nº 1919 de 31 dezembro de 1963 e boa parte da área passa para Vitória.

Com a criação e fundação do porto de Tubarão na ponta de Tubarão e a instalação do Aeroporto de Vitória em Goiabeiras, o Governo do Estado, à revelia das tradições de limites através de acidentes geográficos, elabora uma nova divisão territorial, passando a região de Goiabeiras, Jardim da Penha e Camburi, para Vitória.

A lei nº 1919 cita uma linha imaginária, razão pela qual, no Censo de 2000, o IBGE, ao fazer o cadastramento da população, considerou os moradores de Bairro de Fátima, Carapina I e Hélio Ferraz como moradores de Vitória. Em 31 de janeiro de 1860 existia perto de Carapina a fazenda Itapucu (hoje Calogi), que pertencia naquela época ao major Henrique Augusto de Azevedo e que foi visitada pelo Imperador Dom Pedro II.

Livro: História da Serra, 2009
Autor: Clério José Borges
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2010 

LINKS RELACIONADOS:

>> Serra
>> 
Vitória  



GALERIA:

📷
📷


História do ES

Espírito Santo segundo o Governador Francisco Alberto Rubim

Espírito Santo segundo o Governador Francisco Alberto Rubim

Extraordinário documento para se ter uma ideia do que era Espírito Santo no início do século XIX, mais precisamente em 1816, final da época colonial

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1564 - Por Basílio Daemon

Ainda no ano de 1587 existia naquela aldeia de São Lourenço, em Niteroi, este célebre índio, já bastante velho

Ver Artigo
Ano de 1562 – Por Basílio Daemon

D. João Nery identifica essa capela como a de São Tiago, cuja fundação seria datada de 1562

Ver Artigo
Ilhas no mar, baía e nos rios - Por Basílio Daemon

Em 1879 Basílio Carvalho Daemon publicou o livro Província do Espírito Santo, sua descoberta, história cronológica, sinópse e estatisticas

Ver Artigo
Donatários da capitania do ES - Por Basílio Daemon

Donatários da capitania, capitães-mores, ditos regentes e outros governadores, governadores da capitania, membros do governo da junta provisória, membros do conselho do governo

Ver Artigo
Basílio Daemon - Biografia

Por seus filhos capitão Dr. Ticiano Corrégio Daemon e tenente Daemon

Ver Artigo