Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Convento da Penha em 1928

Recebemos foto inédita do Convento da Penha no ano de 1928, enviada por Luciano Lopes e com edição de imagens de Edson Quintaes.

Observando a foto com muita dificuldade, constatamos o seguinte:

> Rua Luciano das Neves indo até o mar na Praia de Itaparica;
> Rua Antônio Athaíde;
> Rua Luíza Grinalda;
> Rio da Costa;
> As palmeiras do Convento ainda não tinham;
> O Colégio Maristas ainda não existia, pois foi construído nos anos 50;
> A Capelinha de São Francisco de Assis também não, somente as ruínas da primeira capelinha;
> A estrada de rodagem foi aberta por volta de 1928;
> A ladeira da penitência de pedras irregulares foi construída em 1643.

Veja abaixo texto de Luciano Lopes:

"Esta foto eu consegui quando estava no Município de Guaratinguetá-SP, no ano de 2000, pesquisando na biblioteca do Seminário Frei Galvão sobre as casas franciscanas no Brasil. O livro datava o ano de 1958 pela editora Vozes de Petrópolis-RJ.

Embaixo da foto dizia o seguinte:

VISTA AÉREA DO CONVENTO DA PENHA

O Convento de Nossa Senhora da Penha, como que parafusado no tôpo da grande rocha. A estrada nova, serpeando pela mata. Um canto da cidade do Espírito Santo (Vila Velha). A linda praia da Costa; O mar imenso. Em tudo isso, na brisa que sopra benfazeja e calma, nas praias que se perlongam alvinientes, na quietude da montanha, no canto aqui festivo, ali dolente dos passarinhos, há um convite para escalada aos que vivem na planície, aquele mesmo que reza a placa à porta de entrada do Santuário: Confia! Ela é Mãe e Rainha! Sê benvindo ao Santuário do perdão e da graça! (Autor desconhecido) Não consegui identificar.

Observação: A estrada nova foi inaugurada no ano de 1952."

Convento da Penha

A História do Convento da Penha com Imagens (Parte I)

A História do Convento da Penha com Imagens (Parte I)

Convento de Nossa Senhora da Penha - Foto: Do livro Convento de Nossa Senhora da Penha do Espírito Santo, 1965

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Pedro Palácios, o São Francisco de Assis do Brasil

Fundador do santuário de Nossa Senhora da Penha, seu nome recorda as doces figuras dos ermitões de outrora

Ver Artigo
A Arquitetura do Convento da Penha, pela voz de um técnico americano

O Alpendre, que, avançando, projeta ao espaço, por assim dizer, a sobriedade das linhas retas e formas sólidas das paredes da fachada

Ver Artigo
As Festividades da Penha – Por Heribaldo Lopes Balestero

Gottfrio Alberto Anders prestou homenagem à memória de Frei Pedro Palácios, inaugurando-lhe a estátua na praça fronteira ao pórtico, na Prainha

Ver Artigo
Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Os Primeiros (Parte I)

Outras personagens lá estiveram e entre elas a própria Dona Luísa Grinalda, que, como Governadora da Capitania

Ver Artigo
Origem do nome Convento da Penha

Nossa Senhora da Penha era o cognome da Nossa Senhora dos Prazeres ou das Alegrias, amplamente venerada pelos fiéis que cultuavam Maria Santíssima. Os antigos portugueses a veneravam como Nossa Senhora da Penha de Cintra,

Ver Artigo