Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Entre Aves e Feras - Elmo Elton

Os animais mais ferozes, as cobras, serpentes, onças, tigres, touros e os ridículos bugios, a seu mando, iam, viam, paravam e festejavam sua presença. ...
Os animais do ar parece entendiam a língua de José e rendiam a mesma obediência a seu poder (...) SIMÃO DE VAS-CONCELOS, S. J. — A vida do Venerável Padre José de Anchieta.

 

 

ENTRE AVES E FERAS

Não somente predica mas conversa
Anchieta com as feras e com as aves !
Vendo-o, agora, da igreja sob as naves,
de andorinhas um bando se dispersa.

Foram-se, ali, a ouvir-lhe a prece tersa,
pois, perto dele, nunca têm entraves,
antes lhe pousam sobre as vestes graves,
já que dos outros é-lhe a alma diversa .

Também as feras lhe ouvem a palavra,
se tornam mansas, que o padre a elas lavra,
em falando de Deus, ordens mais suaves. 

 

Autor: Elmo Elton
Fonte: Anchieta, Vitória 1984 

Matérias Especiais

A liberdade de um povo

A liberdade de um povo

Um fato marcou Vitória em 1849. Uma revolta de escravos colocou a cidade como a única entre as capitais do Brasil a registrar uma reação negra

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Jerônimo Monteiro - Capítulo II

Na foto ilustrativa, o casal Francisco de Sousa Monteiro e Henriqueta Rios de Sousa, pais de Jerônimo Monteiro (fim do séc. XIX). APEES — Coleção Maria Stella de Novaes

Ver Artigo
Saudações - Fernando Antonio de Oliveira

Carta endereçada ao escritor Walter de Aguiar Filho, autor do livro "Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno", pelas lembranças que nos traz sobre Vila Velha de outrora e pelo alerta sobre a identidade e cultura do canela-verde. Confira!

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VIII (FINAL)

Cristóvão Jaques foi o único que fez reconhecimentos e assentou padrões, conforme estão de acordo todos os cronistas e historiadores, estando por isso provado ser ele o primeiro que reconheceu a costa da província do ES

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VII

Com a chegada e desembarque, na província do Espírito Santo, do donatário Vasco Fernandes Coutinho, a 23 de maio de 1535, temos finalizado a notícia dos navegantes que tocaram ou não nas costas desta província

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte III

Conclui-se, afinal, que o navio em que viera Diogo Álvares (Caramuru) não ultrapassou a baía de Todos os Santos, onde naufragara

Ver Artigo