Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Estréia da Orquestra Canela Verde

Foto Ilustração - Orquestra

Foi hoje, 21.8.2011 às l7h o lançamento da Orquestra Canela Verde em apresentação no Santuário do Divino Espírito Santo, com a presença de bom público.  É regida pelo Professor Carlos Roberto Berto, e originária da Igreja Batista da Glória. Fui fundada em março de 2010, composta por 30 jovens músicos e professores de Vila Velha e de Vitória. Para sua organização teve apoio da Academia de Letras Humberto de Campos, de outras entidades e de pessoas.

No lançamento apresentaram cerca de 10 arranjos e no final uma composição própria da orquestra. O Maestro fez jus à observação que para reger uma orquestra, pois gasta-se mais energia que um lenhador cortar uma árvore !

Tocaram músicas brasileiras e estrangeiras. Tocaram por exemplo “Paraíba masculina”  e outras, de Luiz Gonzaga da série Gonzaguiana por arranjo de Silvio Pereira. Outras foram: Tico tico no fubá, de Zequinha de Abreu arranjo de L.V.Rocha; Bolero de Ravel, arranjo de Bruno Santos; Concerto em Dó maior para dois violinos de Vivaldi, com Jaqueline Costa e Dayse Serafim como solistas; Sinatra in concert, de Frank Sinatra por arranjo de Jerry Novak; Brasileirinho de W.Azevedo por arranjo de Maurício Carrilho; Yesterday de Lennon/MacCartney por arranjo de Modesto Flavio e ainda Symphonic Reflections de A.L.Webber por arranjo de Bruce Chase.

Os franciscanos anfitriões, Frei Clarencio Neotti e Frei Paulo Pereira, deram todo apoio ao evento e já requisitaram apresentação para dezembro próximo. Frei Clarêncio explicou porque não procuraram saber previamente qual o repertório, já que seguem pensamento de São Francisco de Assis em que considerava que não via separação entre o profano e o sagrado, já que toda a criação de Deus é sagrada.

Foi um bom começo para Vila Velha. A orquestra tem propósito de apresentações em escolas, centros comunitários e em igrejas. Têm como repertório, clássicos, música popular brasileira, temas de filmes, e canções folclóricas. O maestro é membro da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, e professor da Faculdade de Música do Espírito Santo, e há mais de dezessete anos o coral da CESAN (Cia. Espírito-santense de Saneamento).

Valeu a pena. Parabéns. Acredito plenamente que essa obra será inacabável.

 

Autor : Roberto Brochado Abreu – membro da Casa da Memória de Vila Velha, agosto/2011

Vila Velha

Primeiros carnavais de Vila Velha

Primeiros carnavais de Vila Velha

Os primeiros bailes carnavalescos, já no início do século XX, eram realizados na varanda da residência do Desembargador Ferreira Coelho

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Estatuto do Clube dos 40 – Parte I

O Clube dos 40, fundado em 08 de fevereiro de 1939, nesta cidade de Vitória, Capital do Estado do Espírito Santo

Ver Artigo
Estatuto do Clube dos 40 – Parte II

O Clube será administrado e dirigido por uma Reitoria composta de cinco membros seguintes 

Ver Artigo
Carnaval antigo de Vila Velha

O Carnaval de Vila Velha também tem a sua tradição. Logo no seu início as mulheres não se fantasiavam, porém os homens caprichavam para apresentar fantasias caras ou extravagantes

Ver Artigo
Primeiras escolas de Vila Velha

Junto à pedra do Cruzeiro, na Prainha, onde hoje temos a guarita da Marinha, está o casarão que abrigou a Escola Pública da antiga rua São Bento. Localizada na orla da Prainha, ficava a Escola Pública para meninos. A casa foi demolida por volta de 1920 pelo prefeito Antônio Athayde, na execução das primeiras obras de urbanização da cidade. Tratava-se da sala da residência do professor.

Ver Artigo