Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Exigências e deficiências da Capitania de Vasco

Tela da autora Morgana - A Chegada

A magnitude da tarefa estava exigindo número muito superior de colonizadores. Aquele grupinho de brancos, assentado na orla do país, impossibilitado de se fazer temido e respeitado pelo gentio – origem de todas as atribulações e prejuízos – era um convite às suas incursões devastadoras.

“Não fora, de certo, para viver encurralado num arraial, a guerrear com os frecheiros das selvas, que o donatário do Espírito Santo se desterrara para a sua bárbara capitania brasileira”, observou, com propriedade, Carlos Malheiro Dias.(21)

Endividado, sem outros recursos de que lançar mão, entrado em anos e naturalmente combalido pelas canseiras da vida militar a que dedicara a sua mocidade, não era cômoda nem invejável a situação do ex-alcaide de Ormuz.

 

NOTAS

(21) - Regimen Feudal, 243.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, julho/2018

História do ES

De Santa Cruz à Barra do Riacho

De Santa Cruz à Barra do Riacho

A travessia do rio Santa Cruz fazia-se em canoa e, sendo as margens distantes, a corrente rápida e profunda, ficava o viajante com o coração miudinho, temendo pela sorte dos animais que tinham de atravessar a nado

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1872 – Por Basílio Daemon

A instalação da Loja União e Progresso se deu em 1872 no pavimento térreo do sobrado à rua São Diogo - 29, localizada atrás da Catedral

Ver Artigo
Ano de 1873 – Por Basílio Daemon

Chega neste ano a galera Adolph, capitão Hupfer, procedente de Hamburgo, conduzindo a seu bordo 413 colonos pomeranos, sendo 218 homens e 195 mulheres

Ver Artigo
Ano de 1870 – Por Basílio Daemon

Em 1870 o governo geral, por aviso de 23 de abril deste ano, mandado construir um farol na barra desta capital a bem de servir aos navegantes

Ver Artigo
Ano de 1871 – Por Basílio Daemon

Falece no Convento do Carmo, frei Antônio de Nossa Senhora das Neves, prior do mesmo convento, cargo que ocupava desde 1853

Ver Artigo
Ano de 1869 – Por Basílio Daemon

É criado um estabelecimento que teve posteriormente o título de Colégio Nossa Senhora da Penha, e a ele foi anexa a Escola Normal do sexo feminino

Ver Artigo