Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Exportações no ES

Mandioca, produto exportado

A exportação baseava-se principalmente na farinha de mandioca - quase toda produzida em São Mateus. Eis o mapa dos gêneros exportados nos anos de 1826 e 1827.

 

Gêneros Exportados em 1826 e 1827

Farinha

Açúcar

Fios de Algodão

Traçados

Cachaça

Arroz

Milho

Feijão

Colchas e redes

Capoeiras

Cal

Poaia

café

 

Não havia restrições para a importação de mercadorias, pagas todas a dinheiro. O mesmo não ocorria na exportação, pois a lei proibia o comércio das madeiras de construção naval e pau-brasil.

A aguardente era monopólio do contratador, que arrematava a autorização para o seu comércio e hasta pública.

As praças com que a Província transacionava regularmente eram Recife, Cidade do Salvador e Rio de Janeiro, pricipalmente com esta última.

Não existiam na terra: feiras, mercados, bancos, casas de seguros, nem companhias de comércio.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo
Autor: José Teixeira de Oliveira - 1951
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2013 

 

Link Relacionado:

>> Importações em 1827

 

História do ES

Linhares perde sua condição de município

Linhares perde sua condição de município

Dessa época até 1921, aconteceu um fato curioso. Linhares conservava o nome do Município, os papéis da Câmara tinham o timbre com seu nome e até um “selo” encontramos em vários ofícios. Mas a sede era Colatina

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

No tempo do Hidrolitol - Por Sérgio Figueira Sarkis

Dentro da Confeitaria Colombo, encontrava-se a charutaria dos Benezath

Ver Artigo
Festival de Verão de Guarapari Janeiro 1971

A ideia tinha partido de dois jornalistas, Antônio Alaerte e Rubens Gomes Filho

Ver Artigo
A Fundação de Vitória

Aquela provisão lança por terra a tradição de que foi o triunfo alcançado pelos ilhéus a 08/09/1551 que deu nome a Vitória

Ver Artigo
A Imigração no Espírito Santo – Por João Eurípedes Franklin Leal

A entrada de imigrantes europeus representou a maior transformação social e econômica que o Espírito Santo passou

Ver Artigo
Mané Cocô - Por Elmo Elton

Foi construído um reservatório que passou a servir, ao palácio, repartições públicas e residências particulares dos abastados

Ver Artigo