Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Fábrica de Pergaminhos

Pergaminho

Muita gente acha que o pergaminho não existe mais, ou, se existe, é fabricado na Grécia ou no Oriente, onde o material teria se originado. O que poucos sabem é que existe uma fábrica de pergaminhos em plena atividade instalada em Piúma. É a Exótica, que tem como dono Pedro Antônio Augusto, um apaixonado por pergaminhos e que luta para manter viva a tradição.

"O papel dura pouco. A resistência do pergaminho é notável. Tanto que ele conserva a história por centenas, até milhares de anos, mesmo debaixo de escombros. Além disso, é muito mais bonito e seguro, porque não existe risco de falsificação".

Há onze anos no ramo, Augusto afirma que o seu trabalho é muito mais reconhecido fora do país do que no Brasil. "Somos a única fábrica da América Latina que exporta pergaminhos. Vendo muito para a Alemanha, Inglaterra, Holanda e Estados Unidos. É um produto tradicional e os outros povos prezam essa tradição. Aqui no Brasil nós ainda estamos engatinhando nessa tradição", destacou.

Para manter a fábrica, Augusto precisou diversificar o ramo de atuação. "Como o mercado de pergaminhos está em baixa, estamos também trabalhando com couro para sapatos, vestuário e outros artigos", finalizou.

Fonte: Revista Potencialidades 2009

LINKS RELACIONADOS:

>> Piúma

História do ES

Nacionalização do ensino no ES

Nacionalização do ensino no ES

Sob orientação do professor Fernando Duarte Rabelo – então secretário da Educação e Saúde – o Estado do ES iniciou uma campanha visando a nacionalizar o ensino nas zonas de colonização estrangeira

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Fundação de Vitória

Aquela provisão lança por terra a tradição de que foi o triunfo alcançado pelos ilhéus a 08/09/1551 que deu nome a Vitória

Ver Artigo
Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Ver Artigo
Jesuítas no Espírito Santo

Em 1549 partiram da Bahia – escalaram no porto da “povoação do Espírito Santo” Leonardo Nunes e Diogo Jácome

Ver Artigo
Origem do nome das cidades do ES

Muitas vezes, por um simples motivo, surge a origem do nome de uma cidade, como por exemplo, o hábito dos moradores de tomar um cafezinho que, de tão ralo, mais parecia água doce. Daí veio o nome da cidade de Água Doce. E o nome da cidade de Águia Branca, de onde surgiu essa idéia? 

Ver Artigo
Araribóia X Villegagnon

Araribóia, comandante de duzentos temiminós que o Espírito Santo mandou à luta contra os franceses de Villegagnon

Ver Artigo