Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Fundo para financiar projetos nas Bacias Hidrográficas do ES

Todo mundo já conservou alguma coisa um dia: revistas, livros, discos. Aproveite que você tem experiência e ajude a preservas as cachoeiras.

As bacias hidrográficas do Estado, incluindo a do rio Itabapoana, deverão ganhar um fundo especial, com recursos que serão destinados ao financiamento de projetos de recuperação de nascentes, áreas degradadas e, dependendo do seu volume, até mesmo para implantação de estações de tratamento de água e esgoto.

De acordo com o gerente de Recursos Hídricos do lema, Fábio Ahnert, o fundo terá como finalidade, ainda, a melhoria da condição da bacia de tal forma que ela tenha água suficiente para suportar o crescimento econômico.

"Dessa forma, os royalties irão proporcionar uma condição de crescimento econômico, com aumento de demanda de água e uso racional dos recursos. Para isso, é fundamental que os processos sejam outorgados e os empreendimentos constem nos planos de bacia", frisa.

Segundo o gerente, essa iniciativa já foi tomada por Minas Gerais e São Paulo. "A proposta é que o lema faça a gestão, apoiado num conselho consultivo formado pelos comitês de bacias hidrográficas, que participarão efetivamente de sua operacionalidade não só com o município, mas ao contexto de toda a região incluída na bacia hidrográfica".

A proposta de sua criação está sendo discutida no Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH) e já recebeu parecer favorável da Câmara Técnica.

Assim que os últimos ajustes forem realizados, a secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Maria da Glória Abaurre, irá encaminhar a proposta ao governador Paulo Hartung.

Em seguida, após a análise do Executivo, ela será enviada, na forma de projeto de lei, à Assembléia Legislativa, para a apreciação dos deputados estaduais.

Outras iniciativas do IEMA

Seminários — O instituto agendou a realização do "Seminário Sobre o Uso Racional da Água: Outorga é Instrumento de Gestão", iniciativa do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH), em diversas bacias, para explicar aos usuários a importância da outorga.

Cadastro — Um outro projeto, que está voltado para todo o Estado, inclusive para a Bacia do Itabapoana, é o Cadastro de Usuários, que faz parte do Programa Águas Limpas.

Por meio dele, está sendo estruturado um completo banco de dados, que irá fornecer informações sobre quem, como e em qual quantidade a água está sendo utilizada. O cadastro dará suporte ao processo de outorga.

Planos de bacia — Um outro projeto é a proposição de diretrizes para os planos de bacias hidrográficas, que também vai contemplar a Bacia do Rio Itabapoana.

Essas diretrizes são um conjunto de sugestões, de regras, para que os comitês ou as organizações de recursos hídricos da bacia detalhem mais e formulem seu Plano Diretor de Bacia Hidrográfica. A previsão de conclusão é em janeiro, mas antes disso haverá um workshop com os comitês, ainda sem data definida, para sua apresentação.

Águas subterrâneas — A proposta é de se fazer um estudo, um mapeamento hidrogeológico do Estado. Numa primeira fase, ele foi concentrado na região Norte, em função do grande déficit hídrico.

 

Fonte: A Gazeta – Especial – 07 de outubro de 2007
Compilação: Walter de Aguiar Filho, março/2016

Rios do ES

União garante resultados – Rio São Mateus

União garante resultados – Rio São Mateus

Projeto de tanques-rede para produção de tilápias garante o sustento de pescadores da bacia do rio São Mateus

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

Itabapoana vai ganhar comitê

Membros do consórcio da bacia realizam preparativos para eleger no mês que vem a diretoria provisória

Ver Artigo
Serra das Torres, paraíso intocado

A região poderá abrigar a primeira Unidade de Conservação da Bacia do Itabapoana, por possuir espécies em extinção e não catalogadas

Ver Artigo
Enchentes causam prejuízos na Bacia do Itabapoana

A natureza, aliada à ação predatória do homem, eleva a ocorrência de inundações na Bacia do Rio Itabapoana

Ver Artigo
Comércio de escravos no Itabapoana

O rio sustentou uma sociedade oligárquica e escravocrata, onde o tráfico de negros africanos era uma importante fonte de lucro

Ver Artigo
Pobreza e riqueza lado a lado – Bacia do Itabapoana

Muqui tem o maior sítio histórico do Espírito Santo com 186 imóveis tombados, construídos no início do século XIX

Ver Artigo
Rio Itabapoana integra três estados

A Bacia do Itabapoana passa por 18 municípios, sendo 9 capixabas, 5 fluminenses e outros 4 mineiros, antes de desaguar no Oceano Atlântico 

Ver Artigo