Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Glória e Garoto

Fábrica Garoto

Quem mora no bairro da Glória, em Vila Velha, tem muita história para contar: todos os dias, atividades rotineiras são marcadas pelo apito da Fábrica de Chocolates Garoto. No primeiro toque, é hora de ir para a escola. Ao meio-dia, hora do almoço.

Jocinéia Maria Carpes, moradora da Glória há 50 anos sabe bem disso: "Eu tento marcar meus compromissos, como o do dentista, em horários próximos aos do apito. Nunca perco a hora. Quando eu era pequena, tocava o apito e eu sabia que era hora do almoço. E continua assim até hoje."

Néia relembra ainda a infância, ao lado da fábrica, dos bombons no fim da tarde e da correria da garotada pelos arredores da fábrica.

Já Maria da Penha Rangel, que trabalhou por 26 anos na Garoto, caminha pelo bairro, conversa com um, bate papo com outro. E diz com emoção: "Que Deus abençoe a fábrica. Que ela continue bem, porque dela dependem muitas famílias daqui."

Segundo o presidente da Uniglória, Aureo Francisco Faé, Garoto e Glória tem uma união perfeita. "Além da parte econômica, já que a Garoto gera muitos empregos e, consequentemente os funcionários compram na Glória, muitos turistas visitam a fábrica e acabam conhecendo as lojas", revela.

 

Fonte: A Gazeta (16/08/09)

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Garoto: um pouco de história  
>> Garoto na memória

Matérias Especiais

Frutas Exóticas

Frutas Exóticas

Quem aprecia sabores exóticos pode aguçar o paladar. Diversas frutas de nomes diferentes já frequentam as prateleiras e gôndolas dos supermercados e hortifrutis capixabas. Confira algumas!

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Paisagens da Ilha do Mel - Por Maria Isabel Perini Muniz

A paisagem vista e interpretada através da arte nos mostra aspectos que se escondem do nosso olhar descuidado e muitas vezes indiferente

Ver Artigo
Guarapari de ontem

"Quem passasse pela ruazinha tranqüila, aquela ruazinha varrida pelo vento sul e cujo solo barrento todo se cobria de regatinhos formados pelas chuvaradas de verão, invariavelmente descobriria a velha rendeira curvada sobre a almofada, trocando os bilros, atenta ao trabalho e de toda alheia ao bulício e à agitação exteriores ..."

Ver Artigo
General das Artes

Conheci, na casa de Homero Massena, anos 60, um amigo dele muito especial. Pessoa sensível, de fino trato, grande admirador da boa pintura e da Arte do mestre. Algumas vezes servi de mensageiro entre os dois, levando ao escritório do amigo, textos do Massena (muitas vezes assinados com pseudônimos: J. Prates, J. Carlos...) para que ele (diretor do jornal) providenciasse a publicação.

Ver Artigo
Festejos de Natal: Reis

O Reis foi introduzido em Vila Velha pelo Padre Antunes de Sequeira. Filho de Vitória, onde nascera a 3 de fevereiro de 1832

Ver Artigo
Ceia Natalina

A ceia natalina do Brasil e de outros países guardam muitas tradições em comum. Elas tem origem em velhos hábitos da Roma antiga

Ver Artigo