Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Homem... Mulher...

O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher, o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem o trono;
Para a mulher um altar.
O trono exalta;
O altar santifica.

O homem é o cérebro;
A mulher, o coração.
O cérebro produz a luz;
O coração, o amor.
A luz fecunda;
O amor ressuscita.

O homem é um gênio;
A mulher, um anjo.
O gênio é imensurável;
O anjo, indefinível.

A aspiração do homem é a suprema glória;
A aspiração da mulher, a virtude extrema.
A glória traduz grandeza;
A virtude traduz divindade.

O homem tem a supremacia;
A mulher, a preferência.
A supremacia representa a força;
A preferência representa o direito.

O homem é forte pela razão;
A mulher, invencível pela lágrima.
A razão convence;
A lágrima comove.

O homem é capaz de todos 
os heroísmos;
A mulher de todos os 
sacrifícios.
O heroísmo enobrece;
O sacrifício sublima.

O homem é o código;
A mulher um sacrário.
Diante do templo, nos 
descobrimos;
Diante do sacrário, nos 
ajoelhamos.

O homem pensa;
A mulher sonha.
Pensar é ter cérebro;
Sonhar é ter na fronte 
uma auréola.

Matérias Especiais

Caldeirão

Caldeirão

Afinal, quem disse que ser provinciano é defeito? Essa é uma característica que torna o capixaba diferente. Viver em uma grande cidade e manter traços de quem vive no interior é um objetivo almejado por muitos que amargam uma vida dura nos grandes centros.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Posfácio do livro Parabéns Pra Você – Por Cariê Lindenberg

Por fim, o que mais me marca em Maria é a sua determinação, força de vontade e grande fibra

Ver Artigo
Páginas soltas – Por D. Maria Lindenberg

Noventa anos significam uma vida repleta de bons e de maus momentos. De triunfos e de derrotas

Ver Artigo
Depois de Carlos – Por D. Maria Lindenberg

O domingo de 19 de agosto de 1990 deveria ser igual a qualquer outro

Ver Artigo
Em Palácio – D. Maria Lindenberg

Procurei ser amável sem pieguice; elegante, sem os maneirismos da moda; firme sem teimosia

Ver Artigo
O casamento – D. Maria Lindenberg

Sentamos no banco, que rodeava o abacateiro, para apreciar o cair da noite e, pronto, aconteceu: Carlos me deu o maior beijo

Ver Artigo