Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Invasão das minas do Castelo

Ponte sobre o Rio Itapemirim

A indústria da mineração sofreu rude golpe quando, em 1771, os puris atacaram as minas do Castelo, obrigando quantos ali trabalhavam a abandonar a região.

A fim de assegurarem às mulheres e crianças retirada mais ou menos segura, os homens monopolizaram a atenção dos atacantes em renhida resistência, destruindo – ao partirem – casas, canais e pontes, outrora construídos com enorme sacrifício.

Vieram, os sobreviventes, instalar-se na barra do rio Itapemirim, fazendo surgir a freguesia de N. S. do Patrocínio.(35)  O governo não acudiu com auxílio de espécie alguma. Parece mesmo que, intimamente, aplaudiu a façanha dos silvícolas.(36)

 

NOTAS

(35) - FREIRE, Capitania, 121-2.

(36) - É o que se infere de uma passagem da informação dirigida, a onze de julho de 1790, pelo capitão-mor Inácio João Mongeardino, ao governador da Bahia, onde aquela autoridade diz que as “Minas do Castello se achão cheias de mattos, por eu impedir a limpa dellas, a fim de evitar a sua communicação” (apud ALMEIDA, Inventário, III, 178).

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, junho/2018

História do ES

D. Francisco de Sousa experimenta as minas capixabas

D. Francisco de Sousa experimenta as minas capixabas

Dom Francisco de Sousa, o das Manhas, que governou o Brasil, pela primeira vez, no fim do século XVI, aqui esteve depois de outubro de 1598 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Viagens à Capitania do ES (Cap. I) - Por Bruno César Nascimento

Capítulo I - Brasil: entre o real e o imaginado

Ver Artigo
Introdução do livro Viagens à Capitania do ES

Expedições às terras capixabas feitas pelo príncipe Maximiliano de Wied-Neuwied, em “Viagem ao Brasil” (1820), e pelo botânico e naturalista Auguste de Saint-Hilaire, em viagem por aqui em 1818

Ver Artigo
Viagens à Capitania do ES - Por Bruno César Nascimento

Expedições às terras capixabas feitas pelo príncipe Maximiliano de Wied-Neuwied, em “Viagem ao Brasil” (1820), e pelo botânico e naturalista Auguste de Saint-Hilaire, em viagem por aqui em 1818

Ver Artigo
República , a grande transformação - Por Cristina Dadalto

No governo de Florentino Avidos várias edificações importantes para o Centro foram iniciadas: a construção do Viaduto Caramuru

Ver Artigo
A urbanização do Centro – Por Cristina Dadalto

A capela demolida em 1894 deu lugar ao Hotel Império que depois se chamou Hotel Europa

Ver Artigo