Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Limpeza de 95% do esgoto – Rio São Mateus (2007)

Visão panorâmica que integra o rio e a cidade de São Mateus - Acervo: Tribuna do Cricaré

A expectativa é da Secretaria de Obras de São Mateus, que prevê a conclusão até dezembro de obras de saneamento no município

Até o final deste ano, 95% do esgoto que é lançado pelo município de São Mateus no rio deverá estar tratado. A expectativa é do secretário municipal de Obras, Giuliano Gasparini. São Mateus é a maior cidade da bacia do rio Cricaré e possui, segundo estimativa do IBGE de 2006, aproximadamente 102 mil habitantes.

Segundo o secretário de Obras, uma parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) prevê a conclusão, até dezembro, de todas as ligações domiciliares às redes coletoras.

Essas, por sua vez, serão interligadas à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) construída no bairro Porto. A obra, que está orçada em R$ 1,3 milhão, também prevê a construção de duas estações de bombeamento (elevatórias), que ficarão responsáveis em lançar os efluentes até a ETE. Serão contemplados, na primeira fase, os bairros Porto, Cacique e Santa Inês.

“Hoje, o lançamento é feito direto no rio. A previsão de que o convênio beneficie cerca de 500 famílias inicialmente, mas ele poderá ser ampliado para mais bairros da avenida Cricaré (beira-rio), contemplando outras 1,5mil famílias, já que a ETE tem capacidade de receber essa demanda”, explicou o secretário.

E acrescentou:  “O rio é o pulmão. Na medida em que reduzimos os lançamentos, estamos contribuindo com a sua despoluição. Ao investir em saneamento, prevenimos doenças, economizamos recursos públicos na saúde e incentivamos o turismo local.”

Um outro projeto de saneamento está em andamento na Ilha de Guriri, na comunidade de Mariricu. Lá, já existe uma ETE e o trabalho é o de construir as redes coletoras. Já foram investidos R$ 4 milhões. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de São Mateus também está cadastrando os usuários e ligando as redes domiciliares às coletoras.

De acordo com o diretor do SAAE de São Mateus, Antônio Carlos Luiz de Souza, o órgão realiza a análise diária da qualidade da água do rio Mariricu, um dos afluentes do rio Cricaré e manancial de abastecimento de Guriri.

A instituição quer reflorestar as sete nascentes utilizadas por ela, com o plantio de 2 a 3 mil mudas de árvores nativas em cada área. Um projeto-piloto foi iniciado na comunidade de Itauninhas, com 250 famílias e plantio de 2 mil mudas, o que vem eliminando a degradação da mata ciliar na margem do córrego que abastece a comunidade.

Cesan investe em Nova Venécia

A Companhia Espírito-Santense de Abastecimento (Cesan), responsável pelo sistema de abastecimento de água nos municípios de Nova Venécia e Conceição da Barra, na bacia do rio São Mateus, está investindo para melhorar a distribuição entre os moradores  da região.

Em Nova Venécia, dentro do programa de obras, está sendo realizado o sistema de ampliação de abastecimento de água. De acordo com o diretor-presidente da empresa, Paulo Ruy Valim Carnelli, estão sendo investidos R$ 5,3 milhões no município.

A obra compreende a implantação de 20,5 quilômetros de redes de distribuição e mil novas ligações prediais, o que vai exigir o assentamento de outros 3,2 quilômetros de rede de diâmetro diferenciado.

RESERVATÓRIOS

Também está incluída a construção de dois reservatórios, sendo um apoiado de mil metros cúbidos e outro elevado, de 200 metros cúbicos.

Além disso, a Cesan está realizando melhorias na captação de água bruta, em elevatórias e “boosters”, e construindo três subestações de energia elétrica de 75, 150 e 225 Kva.

Como resultado dos investimentos, cerca de 32,6 mil habitantes de Nova Venécia vão ser beneficiados.

Programa para gerar rendas

Para ajudar a manter o equilíbrio social junto às famílias ribeirinhas do rio São Mateus, a Associação de Defesa Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio São Mateus e seus Afluentes (Andersama) está desenvolvendo um projeto de geração de renda.

Para a Andersama, o principal fator de equilíbrio social é a oportunidade do indivíduo gerar sua renda dentro do seu ambiente de convivência e ao mesmo tempo restabelecer o equilíbrio deste ambiente em todos os seus aspectos.

De acordo com Miguel Caran, diretor da Andersama, o programa visa explorar o potencial econômico da região como agricultura natural, turismo ecológico e piscicultura.

 

Fonte: A Tribuna, Suplemento Especial Navegando os Rios Capixabas – Rio São Mateus – 15/07/2007
Expediente: Joel Soprani
Subeditor: Gleberson Nascimento
Colaboradora de texto: Flávia Martins
Diagramação: Carlos Marciel Pinheiro
Edição de fotografia: Sérgio Venturin
Compilação: Walter de Aguiar Filho, setembro/2016

Rios do ES

Rio Doce - A Companhia Vale do Rio Doce

Rio Doce - A Companhia Vale do Rio Doce

Foi exatamente em plena crise da ferrovia que um grupo de empresários ingleses procurou a Companhia EF Vitória a Minas para discutir a viabilidade de se transportar, por um preço de frete pré-estabelecido, minério de ferro da região mineira de Itabira

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

Preservação é prioridade – Rio São Mateus

Áreas de Preservação Ambiental renovam a expectativa de um futuro melhor para a população da bacia do rio São Mateus

Ver Artigo
Assoreamento compromete as cidades - São Mateus

A invasão do mar no bairro Bugia, em Conceição da Barra, é um dos resultados do assoreamento na foz do rio São Mateus

Ver Artigo
Busca por água no subsolo - São Mateus

Estudo vai apontar a quantidade e a qualidade dos recursos hídricos subterrâneos capixabas

Ver Artigo
Um porto na história – São Mateus

O Porto de São Mateus era uma das entradas dos navios de escravos no Brasil

Ver Artigo
Beleza em águas calmas - São Mateus

O rio São Mateus, com suas águas verdes-esmeralda, tem nascentes em Minas Gerais e passa por 11 municípios do Estado

Ver Artigo
Ouro negro movimenta a economia regional - São Mateus

Municípios que fazem parte da bacia do rio São Mateus têm nos royalties do petróleo uma forma de promover a inclusão social

Ver Artigo
Olarias e enchentes à beira-rio - São Mateus

Famílias sobrevivem com a produção de tijolos nas margens do rio São Mateus e sofrem com as enchentes

Ver Artigo
Cadastro disciplina o uso da água – Rio São Mateus

O Iema quer conhecer o perfil dos usuários da bacia do rio São Mateus, o que ajuda a melhor distribuir os recursos hídricos

Ver Artigo
União garante resultados – Rio São Mateus

Projeto de tanques-rede para produção de tilápias garante o sustento de pescadores da bacia do rio São Mateus

Ver Artigo