Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Manifestações típicas do ES

Conchas

Artesanato de conchas: As conchas e os búzios são belos e acessíveis materiais para a criação do artesanato marinho. Com conchas são feitos colares, pulseiras, utilidades domésticas (potes, jarras) e objetos de adorno, como espelhos e quadros. Piúma detém a primazia do artesanato de conchas no Estado, nacionalmente conhecido, mas é possível encontrar a arte das conchas em locais como Iriri, Barra do Jucu, Guriri, dentre outras cidades.

Panela de Barro: é a produção mais típica de cerâmica do Estado, feita pelas paneleiras de Goiabeiras. A produção é utilitária. O barro vem de Barreiros, Maruípe, amassado em bolos de cerca de 50 quilos, misturado com areia para dar liga.

As panelas grandes são chamadas mães e as pequenas, filhas. Na venda, as filhas são acomodadas no interior das mães, formando uma casada.

A tinta utilizada é tirada da casca de mangue socada, aguada, que dá a todas as panelas originárias de Goiabeiras, uma coloração negra.

Moqueca Capixaba: ao lado da torta capixaba, a moqueca domina a culinária litorânea do Estado. Feita de siris, lagosta ou caranguejo e postas de peixe.

Difere da moqueca baiana principalmente, por não levar azeite de dendê. É um prato saboroso e belo, preparado e servido ainda fervendo, na panela de barro, acompanhado de arroz branco, pirão de farinha de mandioca e pirão de banana da terra.

Fonte: A Tribuna (21/05/2000) 

LINKS RELACIONADOS:

>> Receita da Moqueca Capixaba
>> Panela de Barro
>> A diferença entre Siri e Caranguejo 
>>
 
Piúma

História do ES

O Governador Rubim - Por Mário Freire

O Governador Rubim - Por Mário Freire

Francisco Alberto Rubim, oficial de marinha, assumiu o governo em 1812. Mandou escrever em 1816 uma descrição da Capitania

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Discórdias na Capitania - Início Século XVIII – Ainda o caminho das minas

À Bahia chegaram delações contra o capitão-mor Francisco de Albuquerque Teles, obrigando o governador geral a dirigir-se ao provedor da Fazenda Manuel Correia de Lemos

Ver Artigo
Franceses no Rio de Janeiro no Início do Século XVIII

O grande acontecimento que abalou a colônia, em 1710, foi o assalto comandado por Duclerc contra o Rio de Janeiro

Ver Artigo
O Construtor do Relógio da Praça Oito

Quem passa pela Praça Oito, em Vitória, vê, ali, um relógio de grande porte, mas lhe não sabe a história nem, sequer, o nome daquele que o construiu

Ver Artigo
Um bacharel morando em Vitória em 1700

Ainda no princípio do século XVIII, Vitória já contava com um bacharel formado pela Universidade de Coimbra

Ver Artigo
Esmeraldas! Esmeraldas! – Governo de Antônio Luis Gonçalves da Câmara Coutinho

O acontecimento culminante do seu período governamental foi a descoberta de minas pelo capitão Antônio Luís de Espinha

Ver Artigo