Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Marca Morro do Moreno

Vista da Macaca Grávida da Praia da Costa

Na década de 70, um grupo de surfistas canelas-verdes, voltava de mais um dia de altas ondas na Praia do Ulé, quando perceberam, ali na altura da Barra do Jucu, que o Morro do Moreno tinha o formato de uma macaca grávida deitada de barriga para cima.

Esse foi o pontapé inicial na criação da logo do site Morro do Moreno, no ano de 2000: o contorno do Morro do Moreno, conforme você pode ver abaixo:

Morro visto do Parque das Castanheiras.
Clique na foto para ampliar.
Morro visto de Vitória.
Primeira logo do site Morro do Moreno.

Em 2002, a logo inicial passou por uma reestruturação, tornando-a mais dinâmica. Veja a versão atual abaixo:

Desde então, essa logo vem sendo aplicada em todas as formas de comunicação do site: cartilhas, cartões de visitas, camisas e até carro!

 
Carro.
 
Carro com marca aplicada na porta.
Camisa Inverno 2004.

Com a programação visual do site padronizada, o site está sendo divulgado, ajudando a enriquecer a história capixaba.

Para conferir a macaca grávida, confira nossas dicas de bons ângulos:


- Subindo a 3ª Ponte, sentido Vila Velha x Vitória;
- N
a Rodovia do Sol, altura da Barra do Jucu (apesar dos prédios que atualmente tiram um pouco a visão);
- No Parque das Castanheiras, na rua do Clube dos Militares;
- No Shoping Vitória;
- Na Praia de Camburi

Em tempo: a logo e suas aplicações foram projetadas por mim.

 

Mônica Boiteux
Editoria do site Morro do Moreno
Design e Comunicação
Outubro/ 2005



GALERIA:

📷
📷


Variedades

Canal da Passagem

Canal da Passagem

É de um só vão e mede cerca de cinquenta metros de extensão. Os pegões firmam-se sobre as rochas de um travessão, que impossibilita o trânsito de embarcações maiores, embora atinja a profundidade, em alguns pontos, de seis metros

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O barco Juparanã

Quereis fretar esse navio e nele navegar a vossa tristeza e o sonho vosso? Arranjo por 3 dias; e pagareis 800 cruzeiros por dia

Ver Artigo
A Comissão Constitucional – Por Eurico Rezende

"Eurico, diga a esse nosso ilustre colega que um discurso, para ser imortal, não precisa ser eterno". 

Ver Artigo
O 1º Clube Carnavalesco de Vitória

Funda-se neste ano de 1874, nesta capital, uma sociedade com o título Clube Recreio Carnavalesco, com o fim de oferecer a seus sócios distrações

Ver Artigo
A História do Carnaval no Brasil - Por Haroldo Costa

Defendo com ardor e a mais profunda convicção que o nosso Carnaval representa hoje a mais fiel tradução das nossas heranças, contradições, perplexidades e perspectivas

Ver Artigo
A História do Carnaval

Foi em fins do século XIX e início do séc. XX que o carnaval do Brasil começou a conquistar fisionomia própria: nessa época já declinava o carnaval europeu

Ver Artigo