Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Maxambomba

Ferro à carvão - Maxambomba

Maxambomba era um bairro muito pobre de Vila Velha, com rústicas casinhas cobertas de palha.

Tinha esse nome porque ali moravam humildes lavadeiras que passavam as roupas com antigo ferro de engomar, a carvão, chamados de "maxambomba".

O bairro Maxambomba hoje compreende parte da Avenida Jerônimo Monteiro, no trecho entre as ruas Presidente Lima e Henrique Laranja (Centro de Vila Velha), incluído o lado norte dessas ruas.

 

Fonte: Livro Vila Velha seu Passado e sua Gente, 2002
Autor: Djairo Gonçalves Lima
Compilação: Walter de Aguiar Filho, outubro/2013

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Escadaria Maria Ortiz (ex-ladeira do Pelourinho) – Por Elmo Elton

Maria Ortiz era filha de Juan Orty y Ortiz e Carolina Darico, nasceu em Vitória em 1603, tendo falecido na vila em 1646

Ver Artigo
Praça João Clímaco (ex-praça Afonso Brás) – Por Elmo Elton

Em 1910, Jerônimo Monteiro, quando o logradouro tinha o terreno inclinado, para aplainá-lo, construiu-se um muro de arrimo, coroado por balaustrada, fronteiro à atual Rua Nestor Gomes

Ver Artigo
Praça D. Luiz Scortegagna (ex-largo da Matriz) – Por Elmo Elton

O largo da Matriz não tinha calçamento, era de chão batido. Desaparecidas as ruas 2 de Dezembro e Domingos Martins, a área, antes exígua, se ampliou 

Ver Artigo
A Barra do Jucu de há pouco

Didi do Barramar é eleita Miss Terceira Idade do ES. Atletas campeões mundiais como Renato Costa e Neymara são festejados. Jornalistas residentes como Pedro Maia, Rubinho Gomes e Eustáquio Palhares, prestigiam a Barra

Ver Artigo
Rua Marcelino Duarte – Por Elmo Elton

Das casas comerciais de que dispunha esta artéria citam-se a Casa Madame Prado e também o Clube de Regatas Álvares Cabral, todos dando frente para a Praça Costa Pereira 

Ver Artigo