Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Modalidades de Pesca

Pesca de Sargo - Ilustração do Livro: Krikati Tio Clê e o Morro do Moreno, 2006 - Autor: Walter de Aguiar Filho

Veja algumas modalidades de pesca amadora mais praticadas no litoral brasileiro. Vamos fazer um pequeno especial nesta semana, dividindo em 2 categorias: 1) Pesca de Mar e 2) Pesca de Água Doce.

Começaremos pela pesca de mar. Nesta modalidade, podemos dividir em 4 categorias, que são a pesca de praia, a pesca de rochas, a pesca embarcada costeira, e a pesca embarcada grossa.

Pesca de Praia: Nesta modalidade de pesca o peixe pode ser encontrado da areia, onde a onda alcança, até o limite de seus arremessos. Nem sempre o maior peixe está mais longe. Na praia, muito peixe grande vem até a arrebentação da onda para comer os mariscos deslocados da areia pelo movimento das ondas.

Para pesca destes peixes, as melhores iscas são os próprios mariscos ali encontrados, como o sarnambi, tatuí, budigão, canivete, etc. Pela facilidade em se encontrar as iscas mais usadas são o camarão e os filés de peixes.

O material usado é vara para arremesso, carretilha ou molinete, linha mono ou multifilamento, chumbada e anzol, todos devidamente equilibraods.

Não se deve esquecer um bicheiro ou puçá para retirar um peixe maior.

Pesca de rochas: Esta modalidade de pesca é a mesma da pesca de praia, não sendo necessário grandes arremessos, mas exige um equipamento mais forte para vencer os enroscos de mariscos e solos acidentados que prendem os anzóis e chumbadas.

Os mariscos e caranguejos encontrados no local são boas iscas para esta pescaria. Os caniços não precisam ser longos, mas devem ser resistentes para aguentar os esticões e levantar os peixes, com carretilhas ou molinetes com engrenagens fortes.

Por: Adrualdo Monte Alto Filho
Publicado originalmente o jornal do Iate Clube do ES.

Link Relacionado:

>> Culinária Capixaba  
>> Livro Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno 

O Esporte na História do ES

Surfistas

Surfistas

O que mais ocupa o tempo livre dos surfistas quando estão na praia (além do surfe, claro) é o sádico esporte de tirar um sarro uns dos outros, inventando os mais bizarros apelidos. E, diga-se, nessa modalidade, os surfistas são praticamente imbatíveis

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Domingo de Remo - Por Július César Carvalho Silva

Domingo de regata de remo em Vitória é domingo diferente

Ver Artigo
Histórias dos craques - Por Július César Carvalho Silva

Tudo acalmado quando o treinador Beto Pretti resolveu se virar para a torcida e fazer o sinal do V numa alusão à paz e o amor

Ver Artigo
Olhar de perto - Por João Carlos Nunes Ramos

Uma tímida torcida que repousava nas contínuas escadas do Salvador Venâncio da Costa

Ver Artigo
Adeus, Jucutuquara - Por Jorge Rodrigues Buery

Pelos idos de 1966 ou 67 comecei a assistir a jogos de futebol, frequentando estádios junto de meu pai e de meu tio

Ver Artigo
Moisés, um campeão - Por Jorge Rodrigues Buery

Na final do Campeonato Brasileiro de 1995, ele era um dos botafoguenses campeões

Ver Artigo