Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Na Selva - Elmo Elton

Não se contentou a d’vina bondade de honrar a seu humilde servo, com o fazer amado e respeitado dos homens, como por tantas vias até aqui se tem mostrado, mas ainda quis que dos brutos animais tivesse testemunho sua santidade, fazendo que a seu modo o reverenciassem, não somente as aves, posto que por natureza são esquivas, mas também as feras, bravas e montezinhas, que a ninguém guardam cortesia, antes andam buscando ao homem para lhe beberem o sangue, como se com  discurso, souberam fazer diferença, entre este servo juízo e e Deus e o comum dos outros homens. PERO RODRIGUES, S. J. do Padre Jose de Anchieta. — Vida do Padre José de Anchieta.

 

 

 

NA SELVA 

Vive, na selva, em meio aos índios nus,
e, agora, ao lado deles, sai pregando,
quer seja sol ou vento sul soprando,
as palavras divinas de Jesus.

Mostra-lhes, sempre humilde, a tosca cruz
que traz nas mãos, por onde vai passando,
e a rude gente, em redor, já rezando,
antes sem fé, hoje em graças reluz.

Tem-lhe a voz uns acentos tão suaves,
tão brando é o gesto, que até mesmo as aves
 e as feras gostam, em tarde mais feérica,

de ouvi-lo ali, de ter o seu afago,
tal fosse o padre algum estranho mago,
— São Francisco de Assis da nova América !

 

Autor: Elmo Elton
Fonte: Anchieta, Vitória 1984 

Matérias Especiais

Torta Capixaba Literária

Torta Capixaba Literária

A Torta Capixaba era composta por ingredientes culturais de peso como Guilherme Santos Neves, José Paulino Alves Júnior, Nelson Abel de Almeida, Renato Pacheco e outros mais

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Jerônimo Monteiro - Capítulo II

Na foto ilustrativa, o casal Francisco de Sousa Monteiro e Henriqueta Rios de Sousa, pais de Jerônimo Monteiro (fim do séc. XIX). APEES — Coleção Maria Stella de Novaes

Ver Artigo
Saudações - Fernando Antonio de Oliveira

Carta endereçada ao escritor Walter de Aguiar Filho, autor do livro "Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno", pelas lembranças que nos traz sobre Vila Velha de outrora e pelo alerta sobre a identidade e cultura do canela-verde. Confira!

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VIII (FINAL)

Cristóvão Jaques foi o único que fez reconhecimentos e assentou padrões, conforme estão de acordo todos os cronistas e historiadores, estando por isso provado ser ele o primeiro que reconheceu a costa da província do ES

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VII

Com a chegada e desembarque, na província do Espírito Santo, do donatário Vasco Fernandes Coutinho, a 23 de maio de 1535, temos finalizado a notícia dos navegantes que tocaram ou não nas costas desta província

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte III

Conclui-se, afinal, que o navio em que viera Diogo Álvares (Caramuru) não ultrapassou a baía de Todos os Santos, onde naufragara

Ver Artigo