Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O Convento da Penha na Filatelia – Por Frei Venâncio Willeke O. F. M.

Selos do Convento da Penha

O selo postal é um documento oficial do país que o emite. A princípio servia somente para franquear cartas. Hoje, transformou-se em poderoso veículo de propaganda. Nele se espelham a história, a cultura, a religião, a arte dos povos. Tornou-se, assim, como que o cartão de visita do país que o emite. Um mensageiro que penetra em todas as partes, em todos os lares. Por isso os governos porfiam em apresentar esse documento oficial do modo mais artístico possível: em verdadeira obra de arte em miniatura.

Sendo o Convento da Penha o símbolo máximo a representar o Estado do Espírito Santo, não é de estranhar que tenha sido escolhido para figurar não somente nas Armas e no Selo do Estado, mas também em diversas emissões da filatelia nacional. Eis como uma revista filatélica paulista ("Gabriel Brasileiro" — 1970) se refere ao assunto: "Roteiro filatélico da Penha — Vila Velha — ES:

1951 – 4º centenário da fundação da cidade de Vitória, Estado do Espírito Santo – selo com o convento de Vila Velha e carimbo especial.

1959 – Carimbo do 4º centenário da chegada ao Brasil de Frei Pedro Palácios, franciscano, fundador do Santuário da Penha (11-02-1959).

1967 – Carimbo do 50º aniversário do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, Vista do Convento (01-05-1967)

1969/70 – Carimbo de propaganda do 4º centenário do Convento da Penha. Imagem de Nossa Senhora da Penha colocada no altar-mor em substituição ao painel de Nossa Senhora das Alegrias (desenho do selo e do bloco de Natal de 1969) – Vitória e Vila Velha, de 17-06-1969 a 17-07-1970.

1969 – Selo do Natal, com painel de Nossa Senhora das Alegrias, trazido da Europa por Frei Pedro Palácios, em 1558 08-12-1969.

1969 – Carimbo comemorativo do Natal, com detalhe do painel de Nossa Senhora das Alegrias e com os dizeres: “Glória a Deus e Sua Mãe Santíssima” – Vila Velha (ES) 20/10 a 25-12-1969.

1969 – Carimbo do Natal como o usado em Vila Velha, mas legenda modificada. Rio de Janeiro, em 08-12-1969, para o lançamento do selo do Natal.

1969 – Bloco do Natal, com a reprodução do selo natalino, enfeites e legenda especial. 18/12/1969. Carimbos especiais no Rio e em S. Paulo (Adoração de Correggio).

1970 – Selo do 4º centenário da Penha. Vista geral do Convento. 06-IV-1970

1970 – Carimbo do 4º centenário da Penha. Frei Palácios e o Convento. Vila Velha, 06 a 12-IV-1970.

1970 - Carimbo do 4º centenário da Penha. Reprodução da imagem de Nossa Senhora da Penha. Rio de Janeiro, 06 a 12-IV-1970 (AZ).

1970 – Carimbo com detalhe da imagem de Nossa Senhora da Penha e com os dizeres: “Natal do IV centenário da Penha” – Vila Velha (ES), 20-X- a 31-1970.

 

Fonte: Antologia do Convento da Penha, ano 1974
Autor do livro: Frei Venâncio Willeke O. F. M.
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2015

Convento da Penha

Museu do Convento da Penha

Museu do Convento da Penha

O Museu renasceu em 12 de dezembro de 2000, desta vez com “cara” de museu mesmo. 

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

A Sala dos Milagres - Por Frei Venâncio Willeke O. F. M.

Cada centro de peregrinações possui a sua capela ou a sala de "inflas". Os ex-votos aí expostos à apreciação dos romeiros contam e ilustram graças atribuídas à intercessão de N. Sra. da Penha

Ver Artigo
Visitas Ilustres no Convento da Penha - Frei Venâncio Willeke O. F. M.

Existem no arquivo do Convento da Penha cinco livros de visitas. O primeiro traz a data de 1849. Foi aberto pelo então guardião Frei Vitorino de Santa Felicidade

Ver Artigo
Efemérides da Penha - Por Frei Venâncio Willeke O. F. M.

Em 1844 a Assembléia do Espírito Santo vota a lei declarando o dia da festa da Penha "de grande gala" e feriado para as repartições públicas 

Ver Artigo
Da Penha ao Paraguai - Por Frei Venâncio Willeke O. F. M.

Assim consta de um dos documentos mais raros da história, em relação aos municípios capixabas, sobre a guerra do Paraguai, datado de 9 de abril de 1870 

Ver Artigo
O Convento da Penha – Por Moacir Fraga

Almanaque da espirituosidade, da maior composição arquitetônica que nos dá calafrios, quando observada na plenitude horizontina

Ver Artigo
O Legado de Pedro Palácios – Por Guilherme Santos Neves

É ele a réplica fiel do pobrezinho de Assis em terras brasileiras e, mais particularmente, mais queridamente, em terras capixabas

Ver Artigo
Jesuítas em Romaria à Penha – Por Pe. Fernão Cardim, S.J.

Acompanhado de alguns confrades, o Pe. Fernão Cardim, S.J subiu à Penha aos 30 de novembro de 1584, relatando suas impressões

Ver Artigo