Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O peroá está de volta

Peroá - Estampa da artista plástica Monica Boiteux

O peroá branco, que estava escasso no litoral capixaba, voltou. Há dois meses, os cardumes descobertos no Estado do ES surpreenderam os pescadores, que passaram a trazer do mar, em um barco, duas toneladas de peroá. Antes dessa bonança, os barcos ficavam uma semana na costa para trazer até 300 quilos de peroá. É sinal de que há muito do peixe no fundo do mar.

Saiba mais sobre o peroá:

- Há duas qualidades de peroá no litoral brasileiro: o peroá-preto, chamado cientificamente de balistes vetula; e o peroá-branco, o balistes capriscus. No Estado, o mais comum é o peroá branco, considerado o de melhor qualidade devido à consistência e a maciez da carne.

- O peroá é muito frequente no litoral capixaba em virtude dos campos de algas caucárias (de formação rochosa) localizados na região. A superfície favorece à propagação e procriaçao do peixe. Ele pode ser encontrado em abundância no centro-sul do Espírito Santo, mais precisamente na faixa litorânea que compreende Marataízes e Aracruz. O peixe se fixa em profundidade máxima de 50 metros.

- O peroá é encontrado em grande quantidade nos mercados nesta época do ano por um único motivo: os cardumes se aproximam mais da costa entre junho e setembro, devido às mudanças das correntes marinhas, que são mais frias com a chegada do inverno.

- De acordo com dados do IBAMA, em 2006 e 2007 o ES teve um crescimento na produção de pescado de 16% em relação a 2005. As espécies que mais contribuíram para o aumento foram o cação, o espadarte, o dourado e o badejo. A produção de peroá apresentou um decréscimo de 5,2% em relação a 2006.

Fonte: Jornal A Gazeta (16/06/2008)

LINKS RELACIONADOS:

>> Aprenda a escolher um bom peixe  
>> Baixo de Pargos
>> Mandamentos do bom pescador amador
>> Melhores pesqueiros do ES
>>
 
Boa pescaria! 
>>
 
Pesca de Água Doce
>>
 
Pesca Embarcada
>>
 
Modalidades de Pesca
>> Peixes catalogados em 1862 no ES
>> 
Culinária Capixaba 



GALERIA:

📷
📷


Culinária Capixaba

Panelas de barro enfeitadas

Panelas de barro enfeitadas

As tradicionais panelas de barro de Goiabeiras não são os únicos objetos que podem ser feitos com barro do Vale do Mulenbá. Pare vencer a concorrência das panelas de barro industriais e atrair clientes, as paneleiras estão investindo em novidades

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Origem da Torta Capixaba no ES

Há registro em a Gazeta da Victoria, edição de 28 de março de 1878, divulgava-se: “aos amantes das Tortas. Camarões secos na casa de negócio Casilhas, à rua de São Diogo”

Ver Artigo
Culinária Capixaba - CALDEIRADA

Parafraseando o escritor Deomar Bittencourt, nós, no Espírito Santo, achamos que só quem sabe preparar peixe é o capixaba

Ver Artigo
Receita da Moqueca Capixaba

A moqueca capixaba é um prato conhecido no país inteiro pelo seu sabor. O prato que é a cara do Espírito Santo!

Ver Artigo
Moquecas e peixadas – Por Cacau Monjardim

Do hábito indígena de "moquear" o peixe, nossos antepassados, de pai para filho, foram melhorando a técnica de preparo

Ver Artigo
Agora saberemos quem serve peixada

Moqueca capixaba vai ter receita unificada e até selo de qualidade. Projeto também quer transformar o prato em tradicional patrimônio imaterial

Ver Artigo