Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Prainha em 1940

Prainha em 1940

A foto ao lado foi tirada em 1940 da varanda da Capela do Convento da Penha, voltada para a Prainha.

Nela podemos observar como era a Prainha antes do aterro. Atrás da Pedra do Cruzeiro, vê-se a praia de Inhoá ainda não aterrada, onde hoje está a EAMES - Escola de Aprendizes- marinheiros, que fora construída em 1954.

Os pescadores residentes em Inhoá foram transferidos para um local próximo ao Matadouro Municipal, localizado na Rua Dom Jorge de Menezes, no sopé do Convento da Penha, onde podemos observar as construções no ano de 1960 na foto da famosa enchente de Vila Velha.

A casa que aparece no sopé da Pedra do Cruzeiro existente até hoje foi uma escola pública de Vila Velha. Percebe-se também os trilhos do bonde que fazia uma curva muito acentuada onde hoje está o Fórum indo pela orla da Prainha até o Exército.

As palmeiras imperiais já marcavam sua presença na Praça da Bandeira, em frente à Igreja do Rosário.

 

Fonte: Site Morro do Moreno

Prainha

Cemitério da Praínha

Cemitério da Praínha

No local foi enterrado o primeiro donatário da capitania do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho. Tudo leva a crer que esse foi o primeiro cemitério de Vila Velha

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Banho de Mar na Prainha

Entre o Cais das Timbebas e o Exército, de frente para a subida do Convento da Penha (ladeira das 7 voltas), havia uma pequena, linda e bucólica praia conhecida como Praia das Timbebas

Ver Artigo
Cemitério da Praínha

No local foi enterrado o primeiro donatário da capitania do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho. Tudo leva a crer que esse foi o primeiro cemitério de Vila Velha

Ver Artigo
Aterro da Prainha – Por Jair Santos

A Enseada da Prainha, onde aportou Vasco Fernandes Coutinho, está se transformando em imenso aterro, sem qualquer objetivo técnico ou interesse estético

Ver Artigo
Enseada da Prainha – Por Jair Santos

Esse é o nome do ancoradouro original onde aportou, em 1535, o donatário da capitania do Espírito Santo

Ver Artigo
Pedra do Cruzeiro - Por Jair Santos

Trata-se de um imponente maciço de granito que separa a Prainha da pequena Praia de Inhoá

Ver Artigo