Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Quadro que retrata a Ilha de Vitória

Pintura de Hans Nobauer - Ilha de Vitória no início do século XX

O quadro que retrata a Ilha de Vitória no início do século XX mede 4,21m X 1,35m e fica no Salão Nobre da Prefeitura. Conta-se que seu autor, o alemão Hans Nobauer, seria um marinheiro inglês que, depois de uma noitada, perdeu a hora de embarcar em seu navio. Deixado para trás, o marinheiro ficou por aqui, pintando quadros. Mas a historiadora da arte Almerinda Lopes desmonta essa versão, lembrando que Nobauer era um artista atuante no país, que chegou a participar do Salão Nacional de Belas Artes de 1931.

 

Nota do Site: Pelas fotos ilustrativas, pode-se chegar à conclusão de que o artista retratou a Ilha de Vitória lá do alto do Penedo

 

Fonte: Jornal A GAZETA de 13/11/2005 - Almanaque por Adriana Bravin
Foto da Pintura: Edson Chagas
Fotos Ilustrativas: Carlos Botelho
Compilação: Walter de Aguiar Filho, agosto/2011



GALERIA:

📷
📷


Curiosidades

A capela do Moreira – Por Levy Rocha

A capela do Moreira – Por Levy Rocha

A 7 de junho de 1861 os operários davam início á construção e a terminavam em maio de 1863

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Viajantes Estrangeiros ao ES – Wied, Freyreiss e Sellow

Pouco antes de iniciarem excursão pelas províncias do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia, chegou à Corte, em meados de junho de 1815, Maximiliano Alexandre Philipp, Prinz von Wied-Neuwied

Ver Artigo
Os açorianos em Viana/ES – Favores fiscais

A povoação foi oficialmente instalada a quinze de fevereiro de 1813

Ver Artigo
A transição para o caminhão – Por Ormando Moraes

O caminhão foi entrando mais lentamente, devido à falta de estradas, a partir da década de 20

Ver Artigo
A política brava – Por Jair Corrêa

Depois do fim do Estado Novo, em 1945, quando foram criados os novos partidos, eu entrei na política

Ver Artigo
As minhas histórias – Por Jair Correa

Meu pai era conhecido como "seu" Corrêa. O seu nome completo era Joaquim Corrêa. A minha mãe se chamava Vicenta Gimenez Corrêa

Ver Artigo