Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Roland Feiertag

Roland Feiertag

Todo libanês, como qualquer imigrante, por mais tempo que viva longe de sua terra, há de ter sempre uma nostálgica lembrança da região onde nasceu, do País que ficou distante, lembrado sempre com saudade.

O Líbano é um país montanhoso, localizando-se Beirute, sua capital, na estreita faixa fértil ao longo do mar mediterrâneo. Esta paisagem montanhosa é embelezada pelo majestoso Qurnat as Sanda, com 2.600 metros de altitude. A depressão tectônica de Bekaa, cortada ao norte pelo Rio Orontes e ao sul pelo Rio Litani, é outra região famosa do Líbano, bem como o vale do Rio Barada, em frente a Beirute, de onde se pode ver o famoso Monte Hermon, na fronteira com a Síria. Beirute é uma cidade moderna, com um certo requinte e fascínio europeus, herdados dos franceses e ingleses. O País viveu sob mandato francês até novembro de 1941, quando se libertou. Sindon (Saida) guarda velhas relíquias como as ruínas do Castelo do Mar, erguido no século XIII pelos cruzados. A cidade foi fundada pelos fenícios. Em Biblo, estão ruínas imemoriais deixadas pelos fenícios que lhe deram hegemonia em sua federação. O templo de Baco em Bealbek, construído 150 anos antes de Cristo, por iniciativa dos romanos para congregar conquistadores e nativos. Hoje Biblo se chama Jubayl. Famosos no Líbano são os rebanhos de ovelhas de Taorzag. Embora de origem árabe (a língua oficial), fala-se muito no País o inglês e o francês. O mar mediterrâneo forma baías de indescritível beleza na costa libanesa.

Os libaneses herdaram o tirocínio comercial dos fenícios, e mesmo os que imigraram, levaram para outras terras esta herança atávica que os tornaria bem-sucedidos na vida quase sempre.

No meio do encanto deste generoso Pais, cujos laços com o Brasil são uma prova da grande amizade que nos une, nasceu em 19 de junho de 1945 ROLAND FEIERTAG, na cidade do Líbano, filho de Feiertag Jacques, militar reformado, e Vitória Chaktoura, doméstica.

Fez o curso primário no Grupo Escolar Nestor Gomes e o 2º Ciclo na Escola Normal João Bley, ambos em Castelo.

Como todo libanês, ROLAND FEIERTAG é um homem muito objetivo e voltado para o progresso dos seus negocios. O Deputado Federal Ferraço Filho, seu amigo, diz que se trata de uma personalidade aberta e humana, um vencedor no seu ramo de negócio, mármore e granito, que tornaram a firma GRANITOS DO BRASIL S.A., numa das mais importantes do Sul do Estado.

Dentro da objetividade com que sempre conduziu sua vida, ROLAND fala pouco, ouve muito e tem sempre uma decisão certa para cada coisa.

Enquanto muitas pessoas viveram problemas difíceis quando tiveram que enfrentar sozinhos a vida, ele diz com naturalidade que com ele se deu o contrário: normalmente, sem qualquer susto.

Como todo libanês, considera o casamento uma sagrada e importante instituição à qual todo homem deve se submeter para ter um lar e uma família, sendo na sua opinião, a família, a coisa mais importante em sua vida.

Seguindo a filosofia de que a alma do negócio é o segredo, ROLAND FEIERTAG não revela para ninguém seus objetivos pessoais e seus futuros empreendimentos. Graças a esta sua discrição tem conseguido ir em frente sem obstáculos, o que não acontece geralmente com as pessoas que vivem fazendo questão de apregoar na véspera, o que vão fazer no dia seguinte.

Casado com a Sra. Marina Moraes Feiertag, teve com ela os seguintes filhos: Roland Feiertag Júnior, Daniel Moraes Feiertag, Rogério José Moraes Feiertag e David Moraes Feiertag.

Todo homem tem uma filosofia de lutar na vida, ROLAND também tem a sua: Lutar sempre, desanimar nunca. Dentro deste mesmo princípio ele diz que o dinheiro não é o mais importante, o que é realmente importante é a personalidade e a razão.

Sendo um homem simples, não tem preferências especiais sobre tipo de comida, de roupas ou de automóveis, preferindo viver da maneira que considera mais própria para o seu conforto e satisfação.

Na realidade, ROLAND FEIERTAG não gosta muito de falar sobre ele mesmo. Sente-se isto quando diz que suas aspirações maiores na vida constituem segredos que só interessam a ele.

Assim, procura seguir o curso de sua vida, trabalhando e cuidando da família, sem importar-se com o trabalho alheio, ou até com certas coisas que estão acontecendo em seu redor.

Se vivesse no Líbano certamente não se privaria de aproveitar a hospitalidade das aldeias próximas ao monte Hermon, com suas neves eternas, ou de se extasiar diante dos cedros milenares que se tornaram famosos no mundo inteiro. Ou, quem sabe, não voltaria à infância para correr atrás dos rebanhos de ovelhas de Taorzag.

Cachoeiro e Castelo são lugares sagrados para ele. Entre um e outro Município, ROLAND viu o desabrochar de sua vida, constituiu sua família e ganhou o suficiente para ser um homem independente. Jamais poderia, portanto, esquecer estas terras generosas que tanto lhe deram, nem as pessoas com as quais conviveu como irmão, as quais assim o consideram.

Não é fácil se obter tudo que se deseja do mundo, em nossa passagem pela terra. Mas sempre se pode fazer o possível para não decepcionar ninguém nem a si próprio.

Este tem sido e continua sendo o sentido da vida de ROLAND FEIERTAG. Na medida em que o tempo passa, ele vai aumentando a riqueza interior dos seus conhecimentos, se tornando uma pessoa de relevo dentro da Comunidade, a qual nunca deixou de contar com seu empenho, seu esforço e sua dedicação em fazer pelo progresso local, tudo que lhe é possível, com objetividade e honestidade.

ROLAND FEIERTAG provavelmente pensa da mesma forma que Tales de Milleto quando afirmou: "O mais belo é o universo, porque é obra de Deus. O mais poderoso, a necessidade, porque prevalece contra tudo. O mais fácil, dar conselho. E o mais necessário para a felicidade é um corpo são e um espírito satisfeito".

Acima de tudo seguir sempre em frente, sem olhar para trás, adiante está o infinito ao qual todos os homens pretendem chegar algum dia, e ao qual ROLAND certamente chegará com uma grande bagagem de experiências, reconhecimento, gratidão e conhecimentos.

 

Fonte: Personalidades do Espírito Santo. Vitória – ES. 1980
Produção: Maria Nilce
Texto: Djalma Juarez Magalhães
Fotos: Antonio Moreira
Capa: Propaganda Objetiva
Compilação: Walter de Aguiar Filho, outubro/2020

Personalidades Capixabas

O Saldanha e o seu oceano - Peter Falcão

O Saldanha e o seu oceano - Peter Falcão

O Espírito Santo tinha times fantásticos de polo aquático no Saldanha, Álvares e Náutico Brasil, entre outros clubes

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Wanthuyr José Zanotti

De Itaguaçu, de onde saíram grandes empresários, WANTHUYR sempre encontrou nos pais Cezar Zanotti e Josefina Moscon Zanotti o incentivo para buscar uma melhor posição na vida 

Ver Artigo
Victorino Teixeira Netto

VICTORINO TEIXEIRA NETTO, já influenciado por seu pai DAVID TEIXEIRA, construtor civil e incentivado por sua mãe dona Adosinda Malbar Teixeira, funcionária pública federal

Ver Artigo
Harald Dietze - Entrevistado do mês pelo informativo do Banco do Brasil

Conheça um pouco mais a história do nosso colega Harald Dietze

Ver Artigo
Rudy Maurer

Foi honrado pelo Governador Eurico Rezende, para assumir, no Espírito Santo, a presidência do Banco do Estado, tomando posse no dia 20 de março de 1979

Ver Artigo
Pedro Lesqueves

Nasceu, PEDRO LESQUEVES, em 12/05/1904, na localidade de Urtiga, distrito da sede do Município de Cachoeiro de Itapemirim

Ver Artigo