Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Um e-mail da Mãe Natureza

Praia da Sereia, onde vê-se um braço do Ribeiro que se forma nas matas do Morro do Moreno, desaguando no mar

Observando a foto e o comentário da matéria publicada em A GAZETA de 20/13/2013 que assim dizia: “O surfista e shaper Guto Bazoni registrou a destruição provocada pelo excesso de chuvas até mesmo na faixa de areia da Praia da Costa, nas proximidades do Clube Libanês”, cheguei a uma conclusão sobre o motivo pelo qual a areia da praia ficou bastante escavada pelo riacho que se formou naquele ponto. Veja a foto.

Sempre ouvi meu avô paterno Miguel Manoel de Aguiar dizer que o Ribeiro que deu seu nome à Praia da Ribeiro, possuía dois braços: um conduzia as águas das encostas do Morro do Moreno para a referida praia; e o outro braço desaguava no mar, próximo ao lugar conhecido hoje como Pedra do Libanês.

Há pouco tempo tive certeza desta informação quando vi uma foto muito antiga do famoso fotógrafo Otávio Paes, onde pude constatar que meu avô estava correto.

Agora, com essa nova foto, dá para ver claramente que o Ribeiro que estava adormecido acordou! Isso também nos leva a pensar que conhecendo a história conseguimos entender o nosso tempo.

 

Autor: Walter de Aguiar Filho, março/2013 



GALERIA:

📷
📷


Curiosidades

IEMA assume comando de três parques

IEMA assume comando de três parques

Forno Grande e Mata das Flores, ambos em Castelo, e Cachoeira da Fumaça, em Alegre, estão sob o gerenciamento do instituto

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A política brava – Por Jair Corrêa

Depois do fim do Estado Novo, em 1945, quando foram criados os novos partidos, eu entrei na política

Ver Artigo
As minhas histórias – Por Jair Correa

Meu pai era conhecido como "seu" Corrêa. O seu nome completo era Joaquim Corrêa. A minha mãe se chamava Vicenta Gimenez Corrêa

Ver Artigo
A gripe espanhola – Por Jair Corrêa

A Gripe Espanhola surgiu em 1918, mais ou menos. Logo após a Primeira Guerra. Foi uma lástima

Ver Artigo
A chegada da família – Por Jair Corrêa

A primeira agência dos correios e telégrafos de Vitória ficava no Cais do Imperador, que ficava em frente ao Palácio do Governo

Ver Artigo
O casamento – Por Jair Corrêa

Conversando com a Ana, ela me disse: "Olha, se eu não casar este ano, eu também não caso no ano que vem não, porque é bissexto"

Ver Artigo