Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Zulmira Lacerda e Silva e a Primeira Agência dos Correios de Baixo Gandu

Zulmira Lacerda e Silva

Em 1916, nascida a primeira Agência dos Correios na cidade de Baixo Gandu no interior do Espírito Santo. A Agência foi instalada na modesta casa de Zulmira Lacerda. Uma mulher honesta, mãe, não descuidava de receber e entregar cartas de todos os cantos que chegavam. Vez ou outra, algumas dessas cartas ficavam a espera do destinatário. Mas Zulmira não esperava. Ia de casa em casa entregá-las. "Seu Joaquim, aqui está a carta de sua mãe!" Dona Maria, chegou a carta de seu filho!"

E assim, cumpria com zelo seu trabalho como funcionária pública.

Ainda encontrava tempo para acolher seus sete filhos.

Na cidade todos a admiravam como se dirigia as pessoas. "Dona Efigênia, logo terá notícias de seus parentes!" Obrigada, dona Zulmira.

E assim era o seu dia-a-dia.

Em 1930 um fato deixou a cidade em pânico! Notícias de Minas Gerais chegavam a todo instante, anunciando que aliados do Estado Novo, estavam invadindo as cidades do Brasil para por" Ordem". Infelizmente, Baixo Guandu foi um dos alvos. Mas Zulmira, pessoa letrada, acompanhava tudo. Ao sentir que as tropas estavam perto da cidade, pegou seus pertences, várias cartas e deixou sua casa e foi se esconder na Fazenda dos Desengano. Providencial sua atitude, pois quando as tropas militares invadiram a cidade, depredaram todos os prédios públicos, inclusive sua modesta casa, onde funcionava a Agência dos Correios.

Mas a guerreira Zulmira não se quedou! Meses depois a Agência estava novamente em funcionamento e as cartas a salvo!

Ele escreveu após o incidente uma carta que ficou para a posteridade. "Precisamos enfrentar com coragem as adversidades e seguir em frente. A vida continua e Deus é nosso guia!"

Enfim, em 26 de julho de 1946 veio a falecer. Mas seu legado é lembrado até os dias de hoje. No ano de 2000 o prefeito sancionou a Lei nº 1977/2000, colocando seu nome numa Avenida: Zulmira Lacerda e Silva.

Em tempo: Com muito orgulho posso dizer: Foi minha avó por parte paterna. A Vó Zulmira!”.

 

Por: Estêvão Zizzi, março/2021

Personalidades Capixabas

Laerce Bernardes Machado

Laerce Bernardes Machado

A História de um Homem é sempre algo interessante de se saber e de se conhecer

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Marcílio Toledo Machado

Meu pai disse para meu irmão mais velho quando nasceu o seu primeiro filho: "Agora sim, você vai ter uma idéia de quanto gosto de você"

Ver Artigo
Zulmira Lacerda e Silva e a Primeira Agência dos Correios de Baixo Gandu

Zulmira Lacerda e Silva. A guerreira da cidade de Baixo Gandu que enfrentou o Estado Novo em 1930

Ver Artigo
Judith Leão Castello Ribeiro - Uma Mulher de Talento

Uma mulher dedicada à política partidária, um espírito de liderança e uma soma respeitável de serviços prestados à sua terra. Justa a homenagem da Comenda Jerônimo Monteiro

Ver Artigo
Afonso Cláudio: Um defensor dos oprimidos

A teoria da nova concepção do Direito, como fenômeno social, criado pela própria sociedade, para assegurar sua vida e desenvolvimento

Ver Artigo
Domingos Martins e a Revolução de 1817 - Por Gabriel Bittencourt

O IHGES de quem é patrono Domingos José Martins, fez publicar, em 1981, um pequeno texto e cunhou uma medalha em homenagem ao bicentenário deste precursor da Independência do Brasil

Ver Artigo