Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Glória e Garoto

Fábrica Garoto

Quem mora no bairro da Glória, em Vila Velha, tem muita história para contar: todos os dias, atividades rotineiras são marcadas pelo apito da Fábrica de Chocolates Garoto. No primeiro toque, é hora de ir para a escola. Ao meio-dia, hora do almoço.

Jocinéia Maria Carpes, moradora da Glória há 50 anos sabe bem disso: "Eu tento marcar meus compromissos, como o do dentista, em horários próximos aos do apito. Nunca perco a hora. Quando eu era pequena, tocava o apito e eu sabia que era hora do almoço. E continua assim até hoje."

Néia relembra ainda a infância, ao lado da fábrica, dos bombons no fim da tarde e da correria da garotada pelos arredores da fábrica.

Já Maria da Penha Rangel, que trabalhou por 26 anos na Garoto, caminha pelo bairro, conversa com um, bate papo com outro. E diz com emoção: "Que Deus abençoe a fábrica. Que ela continue bem, porque dela dependem muitas famílias daqui."

Segundo o presidente da Uniglória, Aureo Francisco Faé, Garoto e Glória tem uma união perfeita. "Além da parte econômica, já que a Garoto gera muitos empregos e, consequentemente os funcionários compram na Glória, muitos turistas visitam a fábrica e acabam conhecendo as lojas", revela.

 

Fonte: A Gazeta (16/08/09)

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Garoto: um pouco de história  
>> Garoto na memória

Matérias Especiais

QUARTEL DE MARUÍPE: 80 ANOS DE HISTÓRIA

QUARTEL DE MARUÍPE: 80 ANOS DE HISTÓRIA

O QCG foi inaugurado oficialmente por Bley, em 25 de agosto de 1938, no “Dia do Soldado”, com o descerramento do marco de inauguração

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Casa da Memória de Vila Velha - Sua História

Na Prainha, à beira mar, de frente para a Praça Tamandaré, havia um casarão geminado em ruínas, uma das últimas edificações do século XIX, datada de 1893, conforme inscrição em seu frontispício

Ver Artigo
A Herança Cultural Afro - Capixaba

Roger Bastide destacava, por volta de 1950, que não foi apenas no Rio de Janeiro que a Macumba difundiu-se, pois já era bem popular no Espírito Santo

Ver Artigo
Hermógenes - Amor pela Barra

Aos 12 anos, Hermógenes embarcou com a mãe e o irmão Ivo no navio de cabotagem Lud e, após longa viagem, aportaram em Vitória. Foi morar em Paul, município de Vila Velha

Ver Artigo
Memória Capixaba - O Arquivo e a Biblioteca (II) – Por Gabriel Bittencourt

O novo Congresso Legislativo construído sobre os escombros da antiga igreja da Misericórdia, que fora arrasada por ordem de Jerônimo Monteiro

Ver Artigo
A Polícia Militar na Historiografia Capixaba - Por Gabriel Bittencourt

A Policia Militar jamais suscitou tanta evidência, seja na imprensa ou no seio da comunidade cultural, como neste ano em que comemora 150 anos de existência

Ver Artigo