Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Guarapari - Turismo e Folclore

Guarapari vista de Setiba - Foto Walter de Aguiar Filho, julho/2011

Guarapari é chamada “cidade saúde” devido à radioatividade das areias pretas existentes em suas belas e agradáveis praias e que muito concorrem para a afluência de turistas e doentes que procuram os benefícios que as mesmas proporcionam, principalmente os portadores de doenças reumáticas.

As areias de Guarapari apresentam colorações que variam do amarelo suave ao preto, compreendendo o dourado, cinza e avermelhado, segundo a predominância da monazita, zircônio, granada ou ilamita: as de monazita predominam na areia preta, Meaípe, Maimbá e as de zircônio nas praias do Riacho e da Lagoa.

Muitas são as praias de Guarapari: Meaípe, com recifes e que também é aldeia de pescadores; Bacutia, Guaibuna e Mucunam, formando a famosa Enseada Azul; Riacho; das Pelotes; do Meio ou da Siribeira, com a sua notável Pedra da Paquera; Areia Preta; das Castanheiras, a mais freqüentada; dos Namorados; das Virtudes; Prainha de Muquiçaba; do Morro; da Cerca Da Fonte; Três Praias; do Perocão com a colônia de pescadores; do Saco; do Boião; Santa Mônica; do Padre; de Setiba e de Pina Setiba.

Essas praias são conhecidas e procuradas por turistas de todo mundo, trazendo divisas para o Estado.

A cidade de Guarapari é essencialmente turística, com vida intensa, possuindo duas igrejas velhas e as ruínas seculares de poços de água, construídos pelos Jesuítas.

E bem servida de hotéis, alguns de classe internacional. Há ainda muitos restaurantes.
A menos de uma hora do centro da cidade, o turista encontra locais aprazíveis para passeios como o porto de minério de Ubu, Iriri e Anchieta, onde morreu o Apóstolo do Brasil; Cachoeira Iracema, Farol da Escalvada. Lagoas: Graçai, Ubaí e Maimbá.

Além dos prazeres naturais, possui riqueza mineral: tório.

O Município oferece áreas de camping e na cidade está localizado o Centro de Convenções, construído pelo Governo do E. Santo, um dos melhores da região.

Há sempre programações culturais e artísticas, principalmente nos períodos das férias. Esse Centro fica no Mirante Sta. Rosa, tem acomodação ara 600 pessoas, ar refrigerado central, equipamentos de som projeção, centrais de telefone e telex, além de todos demais requisitos de uma unidade desse porte, destacando-se um amplo estacionamento para 800 veículos.

São tradicionais os festejos religiosos consagrados a N. Sra. da Conceição e a S. Pedro, este último realizado no bairro de Muquiçaba.

 

Fonte: Guarapari é o seu nome - 1987
Autor: Pe. Antônio Nuñez
Compilação: Walter de Aguiar Filho, julho/2011

Links Relacionados:

>> Guaraparim
>> Guarapari em 1862 
>> Fundação de Guarapari
>> Areias de Guarapari 
>> Radioatividade 
>> Cidade Saúde 
>> Valsa de Guarapari 
>> Guarapari, terra de muitas histórias
>> Roteiros de Guarapari
>> Guarapari - Curiosidades 
>>
 
Memória de Guarapari  
>> Os guarás 
>> Guarapari radical!
>> Radium Hotel  



GALERIA:

📷
📷


Cidades do ES

Santa Maria de Jetibá

Santa Maria de Jetibá

Santa Maria de Jetibá, na região serrana do ES, é a cidade mais pomerana do Brasil. Abriga pomeranos que chegaram à região em 1870 e até hoje mantém vivas suas tradições e dialetos

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O Dia de Cachoeiro - Por Gabriel Bittencourt

Há 118 anos, no dia 25 de março de 1867, era instalada a Câmara Municipal da Vila de "Cachoeiro", desmembrada da Vila de Itapemirim

Ver Artigo
Primórdios de Cachoeiro – Por Levy Rocha

Uma das sesmarias mais antigas foi a que o Governador Rubim concedeu ao Capitão Francisco Gomes Coelho da Costa, em 1811

Ver Artigo
Itapemirim - Por Edward Willberforce

Vila de certo tamanho, situada uma milha ou duas rio acima. É notável sobretudo devido ao seu estágio de civilização

Ver Artigo
São Mateus mais de 400 anos de solidão - Gabriel Bittencourt

A história do município de São Mateus começa quando o navegante Cristóvão Jacques, em 1504, teria chegado ao rio Cricaré 

Ver Artigo
São Pedro do Itabapoana

Como se sentiria o morador de uma importante cidade ao vê-la cercada por militares e ter documentos e bens públicos saqueados? E mais: descobrir dias depois que o local foi rebaixado a distrito por decreto?

Ver Artigo