Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Jeanne Bilich

Jeanne Bilich

Nasceu em 12 de outubro de 1948, no Rio de Janeiro. Jornalista, radialista, advogada. Mestre em História Social das Relações Políticas pela UFES. Radicou-se no Espírito Santo no início da década de 60. Iniciou sua carreira jornalística, em 1974, como repórter do jornal A Gazeta e, em 1982, passou a atuar, também, como advogada.

Com a inauguração da TV Gazeta, em 1976, estreou na televisão como apresentadora do "Jornal Hoje", edição local e, posteriormente, comandou vários programas na TV Educativa e TV Vitória. Nessa última, atuou como âncora da revista jornalística "Espaço Local", por dez anos consecutivos (1989 - 1999). Retornou à emissora, em 2001, para ocupar o cargo de Editor-Chefe.

Em 1978, estreou no rádio, tendo como marco, na sua carreira de radialista, o programa "Correio do Amor", veiculado na Rádio Espírito Santo, gênese do único longa-metragem capixaba, "O Amor está no Ar", com roteiro e direção de Amylton de Almeida.

Em 2000, estreou na mídia eletrônica nas funções de colunista e repórter especial do site noticioso www.seculodiario.com.br, além de escrever para as revistas impressas Século e Essa - Espírito Santo Sociedade Aberta.

Trabalhou também, na Rádio CBN como produtora e apresentadora do "CBN Revista" e como comentarista do "Bate e Rebate".

Desde 2004, atua como Assessora de Comunicação da Fundação Ceciliano Abel de Almeida.

Possui artigos e ensaios publicados em diversas coletâneas: Virando o XXI - Ed. Multiplicidade (1999); Escritos do Espírito Santo - Ed. Secretaria de Estado da Cultura (2006); Escritos de Vitória 24 - Rádio, org. Francisco A. Ribeiro, Ed. Academia Espírito-Santense de Letras; Secretaria Municipal de Cultura; Ed. Formar (2007); além de assinar a biografia de Amylton de Almeida no livro A Múltipla Presença - vida e obra de Amylton de Almeida, org. de Deny Gomes, edição da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (1996). Em 2005, sua tese de Mestrado foi publicada em livro com o título As Múltiplas trincheiras de Amylton de Almeida: o Cinema como Mundo, a Arte como Universo, editora GSA.

Desde agosto de 2006, escreve, quinzenalmente, crônicas dominicais para o jornal A Gazeta.

Livro: Dicionário Escritores e Escritoras do Espírito Santo, de Francisco Aurélio Ribeiro e Thelma Maria Azevedo, 2008
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2010 

Personalidades Capixabas

O Saldanha e o seu oceano - Peter Falcão

O Saldanha e o seu oceano - Peter Falcão

O Espírito Santo tinha times fantásticos de polo aquático no Saldanha, Álvares e Náutico Brasil, entre outros clubes

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Importância da Mulher na História de Espírito Santo

A História revela que a mulher, sempre foi discriminada em todas as épocas e o seu papel na sociedade nem sempre foi considerado preponderante e fundamental

Ver Artigo
Augusto Ruschi

Na natureza tudo e todos são interdependentes; assim, a sobrevivência de todas as espécies, inclusive o homem, só pode ser conseguida através do entendimento desta interdependência

Ver Artigo
Levino Fanzeres - Um Modesto Centenário

É de sua autoria a célebre Partida de Araribóia, quadro adquirido pelo governo do Estado para a Assembléia Legislativa

Ver Artigo
Uma festa para Hermógenes – Por Berredo de Menezes

Hermógenes recebe merecidamente, o galardão de presidente de honra da Comissão Espírito-santense de Folclore

Ver Artigo
Marcílio Toledo Machado

Meu pai disse para meu irmão mais velho quando nasceu o seu primeiro filho: "Agora sim, você vai ter uma idéia de quanto gosto de você"

Ver Artigo