Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Medidas para ajudar a salvar o Rio Doce

A recuperação de nascentes e o reflorestamento das margens do Rio Doce, no trecho que corta o Espírito Santo, são apontados por especialistas como soluções para salvar o manancial que nasce em Minas Gerais e passa por 230 municípios, 28 deles localizados em território capixaba.

Para tratar de alternativas que contribuam para melhorar o potencial hídrico e a diminuição do processo de degradação ao longo do leito, representantes da Câmara Técnica de Gestão de Eventos Críticos (CTGEC), do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (CBH-Doce), do CBH-Pontões e Lagoas do Rio Doce, CBH-Barra Seca e Foz do Rio Doce e de entidades ligadas ao manancial, se reuniram na Vila de Regência, em Linhares, Norte do Estado.

A abertura mecânica de um canal na foz do rio, nas imediações do antigo local de vazão, foi uma das medidas debatidas, mas descartada por ser considerada ineficaz.

"Não resolveria porque a areia se move com ventos e maré. A abertura foi tentada por pescadores, mas não adiantou. É uma obra de impacto ambiental e insuficiente para a solução do problema", diz o secretário executivo do CBH-Barra Seca e Foz do Rio Doce, Carlos Sangalia.

O acompanhamento da seca e o registro de chuvas foram abordados no encontro. Especialistas apontaram que a estiagem aumentou e tendência é de que menos chuvas sejam registradas em 2016.

"Fatores naturais como o período de estiagem na nossa região e as últimas enchentes no manancial acentuaram o surgimento de depósitos de areia, trazidos pelo assoreamento e o desmatamento às margens do Rio Doce são as principais causas do fechamento de uma das bocas da barra, nas imediações do porto de Regência", explicou Sangalia.

 

Fonte: A Tribuna, Vitória - ES, 02/08/2015
Texto: Wilton Junior
Arquivo: Instituto Jones dos Santos Neves
Compilação: Walter de Aguiar Filho, agosto/2018

Ecologia

Descoberto pau-brasil no ES

Descoberto pau-brasil no ES

O pau-brasil, árvore que deu origem ao nome do país, não está totalmente extinto no Espírito Santo. Em abril de 2008, uma expedição encontrou um fragmento florestal da espécie no município de Aracruz, com cerca de 25 árvores, que serão estudadas...

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Beija Flor - Augusto Ruschi

Entre as principais descobertas de Ruschi, a que todas as espécies de beija-flores do mundo só vivem nas Américas e estão associadas às bromélias, que também só existem no continente americano

Ver Artigo
Pau-Brasil

Dia 27 de maio comemora-se o Dia da Mata Atlântica. O site Morro do Moreno escolheu uma árvore bastante representativa do Brasil para homenagear nossa Mata: o Pau-Brasil

Ver Artigo
Dia da Árvore: 21 de setembro

Na maioria dos países, o dia da árvore se dá em 22 de abril. A data ficou registrada quando J. Morton, americano morador de Nebrasca, incentivou o plantio de árvores naquele estado

Ver Artigo
Nosso primeiro ecologista

Em 1891, Maximiliano veio para o Brasil, particularmente para o Espírito Santo, instalando-se na colônia alemã de Santa Isabel

Ver Artigo
Respeito ao Meio Ambiente

Aproveitando o Dia Mundial do Meio Ambiente, nós do site Morro do Moreno temos a obrigação de ajudar a divulgar algumas dicas de educação ambiental. Para ler e praticar, combinado?

Ver Artigo