Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Rua Adão Benezath (ex-rua do Cruzeiro) – Por Elmo Elton

Rua Adão Benezath (lado esquerdo na foto) era de casas baixas, modestíssimas, tendo parte delas resistido até os anos 40

Parte desta rua foi prejudicada com a abertura da rua (ex-ladeira) Dom Fernando. Situa-se ao lado do outeiro onde se erguia o Convento de São Francisco, terminando na ladeira da Tapera. Era de casas baixas, modestíssimas, tendo parte delas resistido até os anos 40. Chamou-se, também, Rua Carro de São Francisco.

Presentemente, na parte que restou, foram construídos edifícios residenciais, recebendo nova designação: a de Rua Adão Benezath, professor de educação física, falecido durante a última Grande Guerra. Quando de viagem para Recife, onde ia trabalhar, o navio em que viajava, o Baependi, foi torpedeado pelos alemães, à altura dos Abrolhos, a 15 de agosto de 1941 sendo que seu corpo jamais foi localizado. A morte desse atleta capixaba, aos 27 anos de idade, emocionou grandemente a cidade, onde contava com muitos amigos, ex-alunos e admiradores.

 

Fonte: Logradouros antigos de Vitória, 1999 – EDUFES, Secretaria Municipal de Cultura
Autor: Elmo Elton
Compilação: Walter de Aguiar Filho, outubro/2017

Bairros e Ruas

Rua Imaculada Conceição (ex-ladeira da Tapera) - Por Elmo Elton

Rua Imaculada Conceição (ex-ladeira da Tapera) - Por Elmo Elton

A ladeira começava na Rua da Lapa, atual Thiers Veloso, e terminava no caminho de São Francisco, hoje rua Dom Fernando

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Avenida Jerônimo Monteiro (ex-rua da Alfândega)

Atualmente, é a principal artéria central de Vitória. Chamou-se, antes, Rua da Alfândega, sendo que, em 1872, passou a denominar-se Rua Conde D'Eu

Ver Artigo
Poema-passeio com Elmo Elton - Por Adilson Vilaça

“Logradouros antigos de Vitória” sempre me impressionou. Mais de década depois, eu faria a segunda edição desta obra pela Coleção José Costa, dedicada à memória e história da cidade, e que foi por mim criada na década de 90

Ver Artigo
Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Bairro Glória – Por Edward Athayde D’Alcântara

O Bairro Glória era conhecido como “A Fábrica” por ter ali recebido a transferência da fábrica de bombons Garoto

Ver Artigo
Rua Nestor Gomes (ex-ladeira do Chafariz)

No governo de Florentino Avidos, a área foi urbanizada, pondo-se abaixo todos os casarões antigos ali existentes 

Ver Artigo