Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Rua Dois de Dezembro (ex-rua do Beco) – Por Elmo Elton

Capa do Livro - Logradouros antigos de Vitória de Elmo Elton

Rua estreitíssima, desaparecida durante o governo de Florentino Avidos (1924-1928). Tinha começo em frente à Loja Maçônica Ordem e Progresso, onde se construíra um chafariz, e terminava no largo da Matriz, quase paralela à José Marcelino. Assim se denominava em homenagem à data do nascimento de Pedro II, a 2 de dezembro de 1825. Gozou de certa tradição, mas, bem antes de sua total extinção, em 1928, vistas as obras da Praça da Catedral, fora zona de baixo meretrício, embora as prostitutas, ali, fossem chamadas damas, as quais não freqüentavam as ruas centrais da cidade, por exigência da população, então de hábitos rigorosamente conservadores. Todas as compras para o meretrício eram feitas por terceiros.

 

Fonte: Logradouros antigos de Vitória, 1999 – EDUFES, Secretaria Municipal de Cultura
Autor: Elmo Elto
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2017

Bairros e Ruas

A Barra do Jucu de há pouco

A Barra do Jucu de há pouco

Didi do Barramar é eleita Miss Terceira Idade do ES. Atletas campeões mundiais como Renato Costa e Neymara são festejados. Jornalistas residentes como Pedro Maia, Rubinho Gomes e Eustáquio Palhares, prestigiam a Barra

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Avenida Jerônimo Monteiro (ex-rua da Alfândega)

Atualmente, é a principal artéria central de Vitória. Chamou-se, antes, Rua da Alfândega, sendo que, em 1872, passou a denominar-se Rua Conde D'Eu

Ver Artigo
Poema-passeio com Elmo Elton - Por Adilson Vilaça

“Logradouros antigos de Vitória” sempre me impressionou. Mais de década depois, eu faria a segunda edição desta obra pela Coleção José Costa, dedicada à memória e história da cidade, e que foi por mim criada na década de 90

Ver Artigo
Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Bairro Glória – Por Edward Athayde D’Alcântara

O Bairro Glória era conhecido como “A Fábrica” por ter ali recebido a transferência da fábrica de bombons Garoto

Ver Artigo
Rua Nestor Gomes (ex-ladeira do Chafariz)

No governo de Florentino Avidos, a área foi urbanizada, pondo-se abaixo todos os casarões antigos ali existentes 

Ver Artigo