Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cine-teatro Glória

Cine-Teatro Glória

A primeira apresentação registrada do cinema no estado do Espírito Santo foi no Éden Parque, onde hoje está o cine-teatro Glória, localizado perto da Praça Costa Pereira, no Centro de Vitória.

Em 1932 foi inaugurado o portentoso, para a época, cine-teatro Glória, pertencente à firma Santos & Cia., arrendatária também do teatro Carlos Gomes, transformado em sala de exibições de cinema, e do popular barracão Politeama, no Parque Moscoso, o qual, demolido, deu origem ao edifício Santa Cecília. Eram os três únicos cinemas de Vitória.

Projeto do arquiteto alemão Ricardo Wright, o cine-teatro Glória foi edificado em concreto armado, sendo que todo o cimento empregado na construção era inglês. Possui revestimento externo, em pó de pedra. Conserva resquícios da arquitetura eclética, como o uso de sacadas e balaústres, e o cuidado com coroamento do edifício, destacando-se a cúpula de cimento que marca a esquina. o Cine Teatro Glória possui mil cadeiras.

Por muito tempo teve função dupla, a de teatro e também de cinema, tendo se sobressaído na metade do século XX, a função de cinema. Era o único cinema com galerias elevadas, de onde a visão da tela de projeção era privilegiada.

Além de ter registrado a passagem de inúmeros artistas e seus maravilhosos espetáculos, o cine-teatro Glória abrigou, nos últimos tempos, o Vitória Cine Vídeo, festival de filmes e curtas que impulsionou o movimento artístico de Vitória, resgatando o centro da cidade como pólo de cultura.

 

Fontes: Catálogo de bens culturais tombados no Espírito Santo - Massao Ohno, 1991
http://www.zaz.com.br/pensarte/noticias/muitoespaco.html
http://www.sefaz.es.gov.br/painel/cine02.htm

História do ES

Manifestações típicas do ES

Manifestações típicas do ES

As conchas e os búzios são belos e acessíveis materiais para a criação do artesanato marinho. Com conchas são feitos colares, pulseiras, utilidades domésticas (potes, jarras) e objetos de adorno, como espelhos e quadros

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Duarte de Lemos, homem providencial

Duarte de Lemos rumou para o Espírito Santo com seus “criados e outras pessoas que por seu respeito vieram com ele”

Ver Artigo
Preparativos de viagem do donatário Vasco Fernandes Coutinho

Em Portugal preparava a viagem para o senhorio que lhe coubera “pera todo sempre”, segundo rezava a carta

Ver Artigo
Viajantes Estrangeiros no ES - Auguste de Saint-Hilaire

Augustin François César Prouvencial, segundo o nome de batismo, ou Auguste de Saint-Hilaire,

Ver Artigo
A Colonização do solo Espírito-Santense - Por: Yvone Amorim

Vasco Fernandes Coutinho faleceu a 16 de janeiro de 1561, em Vila Velha, onde residia. Acreditamos, em um futuro bem próximo, que se possa resgatar a importância da figura do donatário, como a melhor forma de cultivar a sua memória

Ver Artigo
Visita do Imperador ao ES – 1860

SS. MM. desembarcavam ao meio-dia. A esta hora todas as autoridades civis e militares, sacerdotes, estavam no Cais das Colunas esperando SS. MM.

Ver Artigo